O mito remonta pelo menos ao início do século XX. Em 1907, um artigo publicado na revista Science referia que os humanos utilizam apenas uma pequena parte do cérebro. Hoje sabe-se que não é verdade. Como explicam a Medical News Today e a Scientific American, as pesquisas científicas dos últimos anos têm demonstrando que, ao longo do dia, usamos praticamente todas as zonas do cérebro, seja a trabalhar, a caminhar ou a interagir com outros. E mesmo quando estamos a dormir, áreas como o córtex frontal ou o sistema somatossensorial permanecem activas.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.