Questionado pelo Polígrafo sobre se tinha intenções de propor a Carlos Guimarães Pinto um lugar nas listas de deputados que vão a eleições nas próximas legislativas, João Cotrim de Figueiredo, o atual líder do Iniciativa Liberal (IL), respondeu que sim.

Se aceitar o convite, este poderá ser o regresso do economista à vida política, mais de dois anos depois de ter abandonado a liderança do IL. Guimarães Pinto marca presença assídua nas redes sociais e é autor de crónicas em jornais económicos, como o ECO. Em 2018, foi convidado a liderar o IL após a demissão do anterior presidente Miguel Ferreira da Silva, lugar que ocupou até outubro de 2019.

No entanto, contactado pelo Polígrafo, Guimarães Pinto recusou-se a comentar o convite anunciado por Cotrim de Figueiredo, alegando motivos pessoais para tal.

O economista anunciou a saída da liderança do partido num dia que descreveu como "histórico", o dia em que o IL se estreou com uma intervenção no Parlamento, após eleger um deputado, Cotrim de Figueiredo, nas eleições legislativas de 2019, as primeiras que o partido disputou.

“Não me podem pedir que continue a sacrificar a minha vida por uma causa. Foi um ano intenso em que tive que abdicar de muito para fazer este caminho. Fi-lo numa altura em que ninguém o teria feito. Criei as condições para que outros o possam fazer daqui para a frente com recursos que eu nunca tive e, espero eu, menos sacrifícios pessoais. Não me podem exigir mais”, escreveu Guimarães Pinto no Facebook, a 30 de outubro de 2019.

No início de 2021, o economista fundou, em conjunto com Adolfo Mesquita Nunes e Carlos Moreira da Silva, entre outros, o Instituto + Liberdade, uma associação “apartidária” que apresenta como objetivos "defender os princípios da democracia liberal, como garante de liberdade, prosperidade e justiça" e "fomentar a literacia económica e financeira porque só assim as pessoas serão capazes de analisar criticamente as opções de política pública".

Assina a Pinóquio

Fica a par de todos os fact-checks com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Recebe os nossos alertas

Subscreve as notificações do Polígrafo e recebe todos os nossos fact-checks no momento!

Em nome da verdade

Segue o Polígrafo nas redes sociais. Pesquisa #jornalpoligrafo para encontrares as nossas publicações.
International Fact-Checking Network