O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Quatro vídeos sobre supostos efeitos do terramoto de 8 de setembro em Marrocos que não correspondem a esta catástrofe

Milhares de mensagens com fotografias ou vídeos têm sido difundidas desde sábado (dia 9). Supostamente, documentam o momento ou o grau de destruição que sucedeu ao sismo ocorrido na última hora do dia 8 de setembro, em Marrocos. Mas nem todas correspondem à verdade, tornando-se mesmo assim virais. O Polígrafo apresenta quatro exemplos de vídeos em que o espaço e o tempo não condizem com a realidade, baseado no levantamento realizado pelo "Maldita".

Bébé resgatado em Marrocos depois do terramoto?

“Assim encontraram vivo entre os escombros um bebé recém-nascido depois do terramoto de Marrocos”. Esta foi uma das muitas mensagens, com o respetivo vídeo, que inundaram as redes sociais, com referência às operações de resgate que decorrem em Marrocos desde a madrugada de dia 9. Mas não é verdadeira.

Marrocos

O vídeo foi gravado em Pulandar, no distrito de Kanpur Dehat (Índia), onde o recém-nascido foi encontrado enterrado vivo (curiosamente no dia 9 de setembro). Foram divulgados vídeos (pode ver aqui e aqui) a comprovar este “milagre”, quer pelo fotojornalista (do momento exato do salvamento), quer pela polícia de Kanpur (do menino já nas mãos de uma agente), nas respetivas redes sociais.

____________________________

Avaliação do Polígrafo: Falso

Vídeo de um edifício a desabar é atual e foi gravado na zona do epicentro do terramoto?

“Momentos em que um edifício desaba devido ao poderoso terramoto que sacudiu Marrocos”, lê-se em “tweet” de 9 de setembro. O suposto documento audiovisual da catástrofe tem, no entanto, coordenadas espaciotemporais falsas.

[twitter url=”https://twitter.com/UHN_Plus/status/1700289027180478524″/]

O desabamento ocorreu já no ano passado (27 de dezembro de 2022) e em Casablanca (a cerca de 200 quilómetros de Marraquexe). O facto foi então noticiado pela imprensa marroquina e também pela holandesa.

____________________________

Avaliação do Polígrafo: Falso

Vídeo mostra fiéis no momento do terramoto?

“Reza durante os terramotos em mesquita de Marrocos.”. A mensagem divulgada no “Twitter”/”X acompanha um vídeo em que não se percebe qualquer abalo (apenas aparenta haver uma falha de energia), mas que supostamente diria respeito aos momentos do sismo.

[twitter url=”https://twitter.com/MPatataz14369/status/1700808834057728152?s=20″/]

Na verdade, correspondem ao dia de outro tremor de terra e noutra localização: Síria, 6 de fevereiro de 2023. O vídeo foi gravado na mesquita da cidade de Al-Dana (Síria) e divulgado pela publicação Mnelasema (a 27 de fevereiro). Recorde-se que neste sismo (sentido na Síria e na Turquia) morreram mais de 50.00 pessoas.

____________________________

Avaliação do Polígrafo: Falso

Imagem mostra o céu de Marrocos na noite de dia 8?

As já habituais teorias da conspiração também não ficaram de fora das explicações sobre o que sucedeu na noite de 8 de setembro, em Marrocos. Assim, no “X”, uma conta divulgava um vídeo (onde se pode ver um longo trovão) e garantia: “Isto foi visto nos céus de Marrocos antes do terramoto! Se alguém negar que isto é HAARP e tecnologia dirigida, é porque não acordará jamais.”

[twitter url=”https://twitter.com/almalibreArg1/status/1701018631268946229″/]

No entanto, a imagem não corresponde aos céus de Marrocos, tão pouco a qualquer céu real, portanto, a algum efeito colateral do designado Haarp (Programa de Pesquisa Auroral Ativa de Alta Frequência, que é um projeto científico que visa estudar as propriedades e o comportamento da ionosfera, desenvolvido pelos Estados Unidos). Trata-se somente de uma criação artística de Jay Hideaway, produtor de NFT (criptocolecionável), de 2020, conforme comprovam as publicações no TikTok e em sites da especialidade efetuadas nessa época.

____________________________

Avaliação do Polígrafo: Falso

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque