• O cantor Roberto Carlos é apoiante de Bolsonaro
Num post partilhado mais de 70 mil vezes no Facebook garante-se que “Roberto Carlos manifesta publicamente seu apoio a Jair Messias Bolsonaro”. Na verdade, o cantor nunca anunciou o seu sentido de voto. Em fevereiro deste ano, o cantor manifestou, numa entrevista, a sua admiração pelo papel do juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, que investiga a prática de crimes como corrupção e branqueamento de capitais por parte da elite política e empresarial brasileira. Instado a revelar as suas opiniões sobre as eleições, disse o que se segue: “Eu ainda voto, embora não precise votar, e vejo tudo isso com muito otimismo, as coisas sendo resolvidas. O trabalho do Sérgio Moro e de todas as instituições é uma coisa maravilhosa, que nos consola, que nos anima. Ele merece todo o nosso apoio, carinho e aplauso”. Ou seja, não revelou qual seria o candidato merecedor do seu voto.
  • POLÍCIA APREENDEU CARRO-BOMBA CONTRA BOLSONARO
Um boato posto a circular nas redes sociais brasileiras garantia que dois carros-bomba tinham sido apreendidos e que os mesmos seriam utilizados num atentado contra Bolsonaro. Um carro-bomba filmado num vídeo que circula no WhatsApp e em redes sociais fazia parte de uma tentativa de libertar o traficante Marcelo Fernando Pinheiro Veiga, o Marcelo Piloto, no Paraguai — e, ao contrário do que afirmam mensagens e correntes de texto, não tinha qualquer relação com um suposto atentado ao candidato à presidência Jair Bolsonaro.
  • ATOR BRASILEIRO RODRIGO SANTORO APOIA JAIR BOLSONARO
Uma imagem partilhada mais de 200 mil vezes no Facebook sugeria que o famoso ator Rodrigo Santoro era apoiante de Jair Bolsonaro na corrida presidencial. Na imagem, Rodrigo Santoro - que ficou famoso no Brasil e em Portugal pelos seus papeis em novelas e que se tornou conhecido internacionalmente pela sua participação nas séries de televisão Lost e Westworld - surgia a envergar uma camisola branca justa ao corpo, com a cara do Presidente Jair Bolsonaro estampada, acompanhada do seguinte texto: "Bolsonaro Presidente."
  • BOLSONARO ABANDONOU O EXÉRCITO ALEGANDO "INSANIDADE MENTAL"
Uma imagem colocada a circular garantia que o novo presidente brasileiro se reformara do exército com apenas 33 anos de idade. Foi partilhada 24 mil vezes só no Facebook. Motivo para que tal tenha supostamente acontecido? Bolsonaro teria alegado "insanidade mental", apresentando um atestado médico que o comprovaria. Era falsa.
Bolsonaro abandonou o Exército aos 33 anos alegando insanidade mental?
créditos: Poligrafo
  • "VAMOS CORTAR ESSA FARRA"

Numa alegada entrevista que o agora Presidente do Brasil terá dado à Folha de São Paulo, teria afirmado o que segue: "Um paciente com câncer custa muito caro para o Estado. Vamos cortar essa farra”. O político insurgia-se assim contra os subsídios estatais a doentes cancerígenos. Na verdade, essa entrevista nunca existiu.

créditos: Poligrafo
  • TENTATIVA DE HOMICÍDIO CONTRA BOLSONARO FOI FORJADA

Em plena campanha, o candidato foi vítima de uma tentativa de assassinato à facada. Os seus adversários decidiram instalar a dúvida através das redes sociais, divulgando fotos de Bolsonaro a abandonar o hospital em perfeito estado. Tudo falso.

Bolosnaro
  • A CAMISOLA COM A INSCRIÇÃO #EUNÃO
Na sequência da primeira volta das eleições brasileiras surgiu uma foto de Bolsonaro, onde troçvaa da campanha #EleNão, desencadeada contra si pelos movimentos feministas, desagradados com as suas posições alegadamente misóginas. Na imagem, é possível ver Bolsonaro a usar uma camisola onde está estampada a frase “#EuNão”. Trata-se de uma imagem verdadeira mas foi descontextualizada com objetivos claros de desinformação, uma vez que data de 2015 e ilustra uma manifestação contra a então presidente Dilma Roussef, que, como se sabe, viria a ser afastada das suas funções em 2016 na sequência de um processo de impeachment.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.