1.

O rumor:

O fogo foi provocado intencionalmente ou resultado de um ataque terrorista.

A verdade:

Até esta terça-feira anda não foi determinada a causa exata da ocorrência do fogo, tendo sido já aberta uma investigação para determinar as causas. os investigadores estão inclinados para a tese do incêndio acidental, num momento em que a catedral estava a passar por obras de restauração.

Este boato surge na sequência de um tweet de Christopher J. Hale, colunista da Time, que escreveu o que se segue: "Um amigo jesuíta em Paris que trabalha em #NotreDame disse-me que o staff da catedral afirmou que se trata de um incêndio intencional". Depois disso, adicionou um segundo tweet: "Sublinho que não tenho provas para lá do que disse o staff. Por isso, classifiquem esta informação como um rumor não provado."

notre dame

O aviso de Hale não foi suficiente para dissuadir o site Infowars de disseminar a desinformação, escrevendo um artigo que tinha como única base o tweet do colunista. Segundo o site de fact-checking espanhol Maldita.es, outros rumores do mesmo cariz foram postos a circular, levantando nomeadamente a possibilidade de ter ocorrido um ataque terrorista.

2.

O rumor:

Foram encontrados tanques de gás junto da Notre-Dame no dia do incêndio.

A verdade:

Muitas contas nas redes sociais estão a partilhar um artigo real do jornal inglês Telegraph cujo título é: "Tanques de gás e documentos árabes encontrados num automóvel perto da Notre-Dame espalha terror em Paris". Problema: trata-se de uma notícia de 2016, como explicou o Maldita.es e reforçou o Telegraph, que assim que percebeu que o artigo em causa se encontrava a ser profusamente partilhado, publicou imediatamente um alerta na sua edição online.

notre dame

3.

O rumor:

Há uma imagem em que se vê a figura de um homem no telhado da catedral, no momento em que o fogo começou.

A verdade:

A AFP Factuel investigou esta teoria da conspiração que se espalhou rapidamente nas redes sociais francesas e concluiu que o vulto que muitos atribuem a um homem - eventualmente o incendiário - pertence, afinal a uma estátua da virgem, como se pode ver neste tweet:

4.

O rumor:

Esta é a segunda vez que ocorre um incêndio na Notre-Dame.

A verdade:

Para suportar esta afirmação foram partilhadas imagens que mostram a catedral a ser bombardeada durante a 1ª Guerra Mundial. O que não é verdade, uma vez que as fotos em questão dizem respeito ao bombardeamento da catedral de Reims.

 

5.

O rumor:

Um vídeo mostra um homem, que seria um "colete amarelo" ou um "muçulmano", a circular na catedral.

A verdade: 

Sim, de facto existe um vídeo e existe um homem. Mas trata-se, na verdade, de um bombeiro que entrou na catedral para tentar combater as chamas. Neste vídeo longo vídeo pode identificá-lo a partir do minuto 42. Também pode ver aqui:

Nota editorial: Este levantamento de informações falsas foi realizado a partir de verificação de factos por parte dos órgãos de comunicação social que são membros da organização de fact-checking EUfactcheck.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.