O POLÍGRAFO é um projeto jornalístico online que tem como principal objetivo apurar a verdade – e não a mentira - no espaço público.

O POLÍGRAFO não é um inimigo dos protagonistas que avalia – é um amigo dos leitores e um defensor das virtualidades da democracia liberal.

O POLÍGRAFO é um jornal profundamente vocacionado para a utilização das novas tecnologias na atividade jornalística. No seu ADN está a criação de soluções inovadoras,  que permitam chegar melhor e mais depressa à verdade e encurtar a distância entre o jornalismo e os leitores.

O POLÍGRAFO não possui uma agenda político-ideológica. Todos os jornalistas da sua estrutura fixa são convidados a assinar um compromisso escrito, segundo o qual não militam em qualquer partido político.

O POLÍGRAFO fundamentará os seus textos em fontes credíveis, partilhando, sempre que possível, links, vídeos, fotografias, documentos ou outro material que possa contribuir para clarificar a discussão em curso.

O POLÍGRAFO não aceita fontes anónimas. Entre publicar um artigo baseado numa fonte não identificada ou não o publicar, o POLÍGRAFO escolherá sempre a segunda opção.

O POLÍGRAFO não escrutina questões relativas ao foro íntimo dos protagonistas, salvo quando estas se revestem de interesse público.

O POLÍGRAFO recusa-se a contribuir para disseminar rumores no espaço público.

Sempre que errar na análise, o POLÍGRAFO assumi-lo-á de forma clara e corrigirá o lapso com o devido destaque.