O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Worten aumentou preço de máquina de lavar roupa (de 629€ para 758€) no dia em que começou “promoção IVA zero”?

Sociedade
Este artigo tem mais de um ano
O que está em causa?
O anúncio surgiu na semana passada: entre 30 de março e 1 de abril, a Worten teria em vigor uma "promoção IVA zero" em vários dos seus produtos. Seria de esperar que os preços baixassem, certo? Errado. Em denúncia enviada ao Polígrafo, uma máquina de lavar roupa aumentou 129 euros precisamente no dia em que a promoção arrancou.

No dia 29 de março, uma máquina de lavar roupa da marca LG, com capacidade para 10,5 quilogramas, de cor branca, custava 629,99 euros nas lojas Worten. No dia seguinte, a mesma máquina apresentava-se no site da retalhista por 758,99 euros. O problema é que nesse dia, 30 de março, a Worten levava a cabo uma campanha promocional de “IVA zero” que deveria significar uma descida de preços.

O alerta foi enviado ao Polígrafo por um leitor que identificou o aumento de 129 euros no espaço de 24 horas. “Ontem, dia 29 de março, esta máquina de lavar estava a 629 euros como se mostra no site da Deco Proteste de comparação de preços, hoje que começa a promoção a mesma máquina está a 758 euros”, indica a denúncia. É verdade?

Sim. O Polígrafo recorreu à ferramenta de comparação de preços da Deco Proteste que permite ao consumidor verificar se determinado produto (com determinado preço de venda) configura ou não um bom negócio.

De facto, a máquina de lavar roupa da LG custava 629 euros no dia 29 de março e passou a custar 758 euros no dia 30 de março. A Deco Proteste desaconselha, inclusive, a compra deste produto, visto que o preço já esteve mais baixo: “Aconselhamos a comparar entre lojas.”

Então o que justifica este aumento? O Polígrafo contactou a Worten que justificou que “por ter uma política de preços muito competitiva, promove várias campanhas promocionais, que estão frequentemente encadeadas, bem como um permanente acompanhamento do mercado e da concorrência, para garantir sempre a melhor proposta de valor ao cliente”.

Nas redes sociais estão a ser exibidas imagens do mesmo produto (garrafa de azeite virgem extra Gallo, aveludado, 75cl) em dois folhetos do Pingo Doce, supostamente com "duas semanas" de intervalo, apontando para um súbito aumento do preço: de 8,58 euros (4,99 euros em promoção) para 11,59 euros (5,79 euros em promoção). Verdadeiro ou falso?

No caso desta máquina de lavar roupa, “o artigo em questão estava a 629 euros (PVPR 799 euros), no âmbito de uma campanha/folheto que terminou a 29 março. Terminada a campanha/folheto, o preço do produto foi fixado nos 758,99 euros, abaixo do PVPR”, explicou a empresa.

Relativamente à campanha que entrou em vigor no dia 30 de março, denominada como “3 Dias Sem Iva”, o produto está abrangido e esse desconto é aplicado sobre os 758,99 euros fixados após o final da campanha anterior.

“Quando colocamos o desconto do IVA, o valor do produto fica ainda mais barato – 617,06 euros, que é inferior aos preço da campanha referida anteriormente (629 euros)”, indicou.

A empresa referiu ainda que “o preço final do desconto do IVA é sempre aplicado no carrinho ou caixa de pagamento” e que com esta campanha “o valor atual da mesma máquina de lavar roupa é o melhor preço dos últimos 90 dias“.

Uma meia de leite, um galão e um pão com manteiga: é provável que já tenha visto esta fatura nas redes sociais, onde têm circulado nos últimos dias duas imagens comparativas de uma mesma compra no Pingo Doce de Barcelos, uma a 18 de março e a outra a 25 de março. Quais as principais diferenças? A fatura mais recente custa 42 cêntimos a mais do que a primeira. Entre as duas, o anúncio do Governo de zerar o IVA, que a empresa garante não ter influenciado o aumento.

“Tanto nas lojas como no site da Worten, os consumidores têm disponível toda a informação sobre a campanha, designadamente que o desconto direto igual ao IVA é aplicado no carrinho. No site da Worten, os consumidores têm também disponível um simulador onde podem calcular os valores dos produtos sem o valor do IVA”, concluiu em resposta ao Polígrafo.

Ou seja, confirma-se que o produto aumentou de preço no dia em que a Worten iniciou a campanha “3 Dias Sem IVA”. No entanto, a máquina estava a 629 euros na sequência de uma outra campanha promocional que terminou no dia 29 de março, segundo justificou a Worten.

Em vários "posts" no Facebook denunciam-se situações em que as lojas aumentam o preço de um determinado produto a poucos dias da aplicação de descontos no âmbito da campanha "Black Friday". Num dos exemplos garante-se: "Comprei a mesma máquina na semana passada por menos 100 euros!"

Como tal, no dia 30 de março passou a custar 758,99 euros. Com a campanha de “IVA zero”, ao preço que estava fixado da máquina retiraram-se os 23% do IVA, traduzindo-se em 617,06 euros como custo final para o consumidor.

Note-se ainda que a máquina, após o final da campanha, voltou a custar 629,99 euros sem que nenhuma campanha promocional fosse indicada no site que justificasse este preço.

____________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque