O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Vladimir Putin serviu-se de relíquias religiosas para provar que Jesus era negro?

Internacional
O que está em causa?
Viral em todas as redes sociais, um de dois vídeos em que Vladimir Putin supostamente mostra ícones religiosos está a ser partilhado para comprovar que Jesus era negro e que o Presidente russo o relevou. Mas Putin nunca mencionou tal "descoberta".

Pelo menos desde março deste ano que dois vídeos de Vladimir Putin estão a ser partilhados nas redes sociais. As descrições sugerem que o presidente russo estaria a fazer uma “revelação bombástica nas vésperas da Páscoa de 2023, mostrando, de acordo com a interpretação específica das pinturas ortodoxas russas, que Jesus, Maria e todos os apóstolos são negros“. Confirma-se?

 

Nesta primeira partilha, uma gravação de 19 segundos mostra Putin a erguer uma relíquia religiosa frente às câmeras. Segundo o narrador, “as pinturas foram expostas há anos no Museu Pushkin e apresentam uma rara coleção de arte de mais de 130 quadros que datam do século XIV ao XVI. Mas o que mais chama a atenção é o que a colonização nos negou e sempre vai negar, quando nos apresentam imagens históricas do cristianismo representado por pessoas negras. O vídeo deste post mostra Putin a exibir uma cópia de um ícone da igreja ortodoxa russa que retrata uma interpretação específica de Jesus Cristo”.

O vídeo de Vladlimir Putin foi gravado numa visita do Presidente à região de Kherson em abril de 2023. Segundo a BBC, Putin presenteou as tropas locais com uma reprodução de uma imagem da Igreja Ortodoxa russa que pertencia a um ministro da defesa do país no século XIX. Nesta oferenda, Putin não fez alusão nenhuma à cor da pele de Jesus.

No segundo vídeo, é possível ver Vladimir Putin junto a duas imagens religiosas. Desta vez, o presidente russo dirige-se aos ouvintes (ainda que a sua voz seja substituída por uma narração em português do Brasil): “Senhoras e senhores, povo da Rússia! Hoje estamos às margens de uma revolução monumental. Um momento que refaz não apenas a nossa compreensão da História, mas também o caminho a seguir para a nossa grande nação.”

A suposta narração do que disse Putin continua, enquanto ele declara que foi descoberto o “templo mais antigo conhecido pelo homem”, onde foram encontradas “figuras de proporções bíblicas”. Todas negras. A Rússia “está numa posição única para liderar o mundo nesta nova era de compreensão” , finaliza Putin, e, dali em diante, estará “sob a liderança do Jesus negro”.

Mais uma vez, é absolutamente falso que Putin tenha feito revelações sobre a cor de pele de Jesus e de outras figuras bíblicas. Na verdade, o vídeo corresponde ao discurso de Ano Novo do presidente russo em 2023. O site do Kremlin disponibiliza uma transcrição completa em inglês do discurso proclamado em russo, na qual não existe nenhuma menção a Jesus ou à religião.

________________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque