O primeiro jornal português
de Fact-Checking

“Visite a Índia no Martim Moniz em Lisboa”. Este é um anúncio oficial do Turismo de Portugal?

Sociedade
O que está em causa?
"Vá para fora cá dentro, nunca foi tão fácil", destaca-se num anúncio sob o logótipo do Turismo de Portugal. "Visite o Bangladesh e o Nepal em Vila Nova de Milfontes e Odemira", incentiva-se, entre outras sugestões. A imagem está a ser partilhada nas redes sociais, resultando em caixas de comentários repletas de mensagens racistas e xenófobas.

No topo da imagem surge o logótipo do Turismo de Portugal associado ao sloganvá para fora cá dentro, nunca foi tão fácil“. Depois há um conjunto de sugestões nesse sentido: “Visite o Bangladesh e o Nepal em Vila Nova de Milfontes e Odemira. Visite a Índia no Martim Moniz em Lisboa, ou se preferir apanhe um comboio na Linha de Sintra e faça um safari em África. Pode ainda visitar o Brasil em Braga, Setúbal ou Costa da Caparica”.

“Portugal é um mundo”, conclui-se no suposto anúncio do Turismo de Portugal. A imagem em causa está a ser partilhada nas redes sociais e tem gerado caixas de comentários repletas de mensagens racistas e xenófobas.

Estamos perante um anúncio oficial do Turismo de Portugal?

Questionado pelo Polígrafo, o instituto público – “​​​​​​​​​integrado no Ministério da Economia e do Mar​, o Turismo de Portugal é a Autoridade Turística Nacional” – garante que não.

“O Turismo de Portugal confirma que a imagem veiculada na referida publicação não é da autoria do Turismo de Portugal nem pertence a nenhuma das suas campanhas, tratando-se de uso indevido e de forma abusiva do seu logótipo conjuntamente com o slogan de uma campanha de 1997, ‘vá para fora cá dentro'”, esclarece.

Em suma, o anúncio não tem qualquer relação com o Turismo de Portugal. É uma manipulação através de “uso indevido e de forma abusiva” do logótipo da Autoridade Turística Nacional e do slogan de uma campanha de 1997, subvertido no sentido de uma mensagem de teor racista e xenófobo.

______________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque