O vídeo de 19 segundos foi publicado pelo filho do antigo Presidente americano Donald Trump no Twitter e capta o final de um discurso de Joe Biden. Assim que acaba de falar, o atual líder da Casa Branca afasta-se do púlpito e dirige-se a uma secretária para apanhar uma pasta com documentos. Nos segundos que se seguem, o democrata parece perdido, desorientado, a olhar para o vazio.

Para descrever a gravação, que conta já com mais de 3 milhões de visualizações, Donald Trump Jr. escreveu: “Caramba. Se fosse um republicano, a 25.ª Emenda seria uma tendência [ndr: nas redes sociais] e com razão”.

A 25.ª Emenda da Constituição dos Estados Unidos estabelece os procedimentos necessários para responder a incapacidades do Presidente. Ou seja, o filho de Donald Trump insinuou que Joe Biden estaria demente e incapaz de liderar o país. 

Será que o vídeo é autêntico? 

A reposta é não. Como explica o site norte-americano de verificação de factos Politifact, o momento propagado pelo filho de Trump é um trecho da transmissão televisiva do anúncio dos elementos que integram a equipa científica da Casa Branca. O evento teve lugar a 16 de janeiro e nele participaram Joe Biden e Kamala Harris, ainda na condição de Presidente e Vice-Presidente eleitos. 

Nas imagens originais (minuto 42'50), é possível ver Biden a fazer alguns comentários ao lado de Kamala. Quando se afasta do púlpito, o agora Presidente fica alguns segundos junto da mesa onde recolheu os documentos, mas porque esperava que outras pessoas presentes abandonassem o espaço. No entanto, em momento algum o democrata parece estar perdido e desorientado, como faz crer o vídeo publicado por Donald Trump Jr e que se tornou viral. 

Ou seja, o trecho em causa resulta de uma manipulação. O Twitter já classificou inclusivamente a publicação como sendo uma mensagem que apresenta “conteúdo manipulado”.

O tweet de Donald Trump Jr. foi escrito a 17 de janeiro, três dias antes da tomada de posse do novo Presidente e depois da Câmara dos Representantes pedir ao então vice-presidente Mike Pence para invocar a 25.ª Emenda e declarar Donald Trump “incapaz de desempenhar com sucesso os deveres e os poderes do seu cargo”. O contexto sugere que Donald Trump Jr. tinha como objetivo demonstrar que o estado de saúde de Biden também não seria compatível com as responsabilidades inerentes ao cargo de Presidente dos EUA.

Em conclusão, o vídeo que mostra Joe Biden perdido e desorientado resulta de uma manipulação. Na gravação original é possível verificar que o compasso de espera que o democrata faz antes de abandonar o palco resulta do facto de estar a aguardar que outras pessoas saíssem do mesmo espaço. 

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network