O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Vídeo partilhado por deputado do Chega mostra acidente entre “dois carros elétricos” no Canadá?

Política
O que está em causa?
No Facebook, o deputado do Chega João Tilly partilhou um vídeo de um minuto sob a alegação de que se tratou de um choque entre dois carros elétricos no Canadá com várias críticas a este tipo de veículos. Problema? O choque não foi entre dois carros elétricos, não aconteceu na localização indicada e nem sequer é atual.

Dois carros elétricos chocaram no Canadá. Os bombeiros nem sequer se aproximam. Pena que ninguém informe os compradores de carros elétricos que basta que uma bateria seja furada e o lítio do interior fique em contacto com o ar para que o incêndio resultante seja impossível da combater”, lê-se numa publicação de 13 de julho, da autoria do deputado João Tilly, do Chega.

O post partilhado por via de outra publicação – onde se escreve, em inglês, que se tratou de um acidente entre dois carros elétricos e que os bombeiros “nem sequer se aproximam” – é acompanhado por um vídeo de um minuto onde se vê um veículo em chamas e várias explosões subsequentes numa autoestrada.

A publicação conta com mais de 220 partilhas de críticos dos carros elétricos, mas Tilly falhou ao verificar a veracidade do mesmo. Aliás, o Polígrafo já tinha verificado este vídeo em agosto de 2023, tendo desmontado, uma a uma, as alegações partilhadas.

O conteúdo tem sido publicado em várias redes sociais, como o InstagramFacebookLinkedInYouTube ou até no X, com o intuito de criticar os carros elétricos, as suas baterias e o seu impacto no ambiente.

No entanto, o vídeo não mostra um acidente com um carro elétrico envolvido. Trata-se antes de um incidente com um camião ocorrido em julho de 2013, como se pode constatar nestas imagens publicadas no Youtube.

À época, agências de notícias russas, como a RIA Novosti, davam conta de que o acidente envolveu um camião Isuzu, que transportava 119 cilindros de gás, e um autocarro com 28 pessoas a bordo.

O fogo resultou das explosões contínuas dos 119 cilindros (e não de qualquer bateria de lítio como se alega nas redes sociais). De acordo com a RIA Novosti, o único ferido foi o motorista, tendo sido assistido. O local exato do incidente foi na E115, perto de Moscovo.

____________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque