O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Vídeo mostra membros da Guarda Real inglesa a atacar turistas que os provocavam?

Internacional
Este artigo tem mais de um ano
O que está em causa?
Os contingentes de soldados de infantaria e cavalaria encarregados de guardar as residências oficiais reais no Reino Unido são figuras icónicas, muitas vezes alvo da curiosidade dos milhares de turistas que visitam o país. Circula nas redes sociais um vídeo que mostra estes guardas a retaliar contra os turistas que os insultavam. O episódio caricato é real?

Numa publicação no Facebook, de 1 de maio, é partilhada uma gravação que mostra a reação agressiva de um membro da Guarda Real Inglesa, após ser insultado por um turista. Estes soldados ingleses com postos na entrada das residências oficiais da realeza são um símbolo nacional, conhecidos não só pela farda vermelha e pelo exuberante chapéu de pelo preto, mas também pela postura séria e de indiferença às interações de turistas.

O vídeo viral mostra um comportamento completamente contrário a este padrão, com um guarda a agredir fisicamente um turista depois de este o insultar durante vários minutos.

O momento em que este membro da guarda real perde a cabeça é mesmo verdadeiro?

Não. Este vídeo é da autoria de um canal que mostra experiências sociais e teatros de rua com atores profissionais. Tal como esclareceu a plataforma de verificação de factos “Lead stories”, a versão completa da gravação, disponível no YouTube prova isso mesmo. O canal “Trollstation” divulgou esta encenação, em junho de 2015, com o título “Abram caminho para a experiência social da Guarda da Rainha”.

No final do vídeo, uma turista, que não faz parte da equipa de atores, fica visivelmente incomodada com a violência entre o membro da Guarda Real inglesa e o turista que protagoniza a experiência (também ele um ator). Para acalmar a espectadora a encenação é revelada. “Estamos a fazer um filme, ele é um ator e estamos a gravar para o YouTube”, garante um dos elementos da equipa cénica.

_________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque