O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Vídeo mostra indivíduo a disparar arma na via pública em Odivelas?

Sociedade
O que está em causa?
Tem origem no Telegram e está a ser partilhado no Facebook com a seguinte descrição: "Indivíduo de ascendência indostânica filma-se com uma pistola a disparar tiros na estrada da Paiã." O vídeo é autêntico, mas foi gravado no contexto da passagem de ano e não era uma arma de fogo.

Nas partilhas no Facebook mostra-se apenas uma imagem do que parece ser um indivíduo a disparar uma arma de fogo na via pública. De fato de treino com capuz e chinelos, o jovem aponta para o chão. Mas através de uma hiperligação remete-se para o vídeo original publicado no Telegram.

É um breve clip de 12 segundos em que se vê o jovem a disparar repetidamente para o chão. É muito audível o som dos disparos.

Tanto no Facebook como no Telegram realça-se esta descrição: “Odivelas – Indivíduo de ascendência indostânica filma-se com uma pistola a disparar tiros na via pública na estrada da Paiã.”

Somente na versão do Telegram comenta-se ainda que “mais uma vez os imigrantes extra-europeus vêm para Portugal fazer o que os portugueses não querem fazer: obter ilegalmente uma arma de fogo e praticar com ela na via pública.”

O vídeo é autêntico e a descrição corresponde à realidade dos factos?

Em resposta ao Polígrafo, fonte oficial da Polícia de Segurança Pública (PSP) confirmou ter “conhecimento do vídeo em apreço” e revelou que foi gravado no contexto da celebração da passagem de ano para 2024.

Segundo a mesma fonte, trata-se de um jovem menor de idade e estrangeiro que estuda na Escola Secundária de Odivelas, onde foram encetadas “de imediato” diligências pelos polícias da Esquadra de Investigação Criminal de Odivelas.

Após as diligências na escola, foi efetuada uma “busca domiciliária à residência do menor, devidamente autorizada pelo seu progenitor”.

A busca domiciliária revelou que “apesar de ter sido especulado que o menor em causa estaria a efetuar disparos com uma alegada arma de fogo”, na verdade era “uma arma de alarme“.

A arma em causa foi apreendida juntamente com algumas munições.

A PSP informa também que foi efetuado um auto de notícia ao pai, uma vez que o jovem é menor de idade, no âmbito de contraordenação por posse de arma de alarme.

De acordo com o “Regime Jurídico das Armas e Suas Munições“, uma arma de alarme é um “dispositivo com a configuração de uma arma de fogo destinado unicamente a produzir um efeito sonoro semelhante ao produzido por aquela no momento do disparo”.

_____________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Fact checks mais recentes