"Os EUA enviaram porta-aviões e caças para Taiwan (...) em manobras para garantir a chegada iminente de Nancy Pelosi"; "Escolta da presidente da Câmara dos Representantes do EUA, Nancy Pelosi, chegando a Taiwan"; "Aviso: as tensões estão altas. Os EUA enviaram porta-aviões e caças para Taiwan. (...) Navios de guerra dos EUA em manobras para garantir a chegada iminente de Nancy Pelosi"; "Escolta para a norte-americana Nancy Pelosi ir a Taiwan".

Do Twitter ao Facebook, do YouTube ao TikTok, o breve clip de vídeo propagou-se rapidamente, com ligeiras variações nas respetivas descrições (atente-se nos exemplos supracitados) mas apontando, globalmente, no mesmo sentido: mostra supostamente uma escolta de caças e navios de guerra dos Estados Unidos da América (EUA) durante a recente visita de Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, a Taiwan, apesar das ameaças da vizinha China.

Através da ferramenta de análise de imagens "InVID", porém, apuramos que este vídeo já tinha sido publicado há mais de um ano na rede social TikTok (pode conferir aqui).

O utilizador que publicou o conteúdo, em abril de 2021, identifica-se na rede social como piloto e, na legenda da filmagem, indicou que as imagens retratam a Marinha dos EUA.

Mais recentemente, a 3 de agosto de 2022, partilhou novamente o vídeo, desta feita com a seguinte mensagem associada em língua inglesa: "Estão todos a usar o meu vídeo sobre Taiwan e a presença da Marinha dos EUA… Este vídeo foi filmado há mais de um ano".

Também encontramos uma versão mais longa da filmagem numa publicação de 26 de abril de 2021 no YouTube, com igual referência à Marinha dos EUA.

Ou seja, não tem qualquer relação com a visita de Pelosi a Taiwan, no dia 2 de agosto de 2022.

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
International Fact-Checking Network