O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Vídeo de Angelina Jolie a expressar apoio à Palestina é autêntico?

Geração V
O que está em causa?
Está a circular um vídeo na rede social X em que, aparentemente, a atriz norte-americana Angelina Jolie manifesta o seu apoio à população da Palestina. Será verdadeiro? O Polígrafo verifica.

“Angelina Jolie condenou os líderes mundiais por serem cúmplices nos crimes em Gaza“, lê-se na descrição de um tweet datado de 12 de junho. 

A publicação viral, que já conta com perto de 800 mil visualizações, exibe um vídeo em que a atriz norte-americana Angelina Jolie parece manifestar o seu apoio ao povo palestiniano face à guerra em curso na Faixa de Gaza.

Nas imagens – associadas à hashtag “#Blockout2024”, criada para incentivar as celebridades a protestarem contra Israel -, Jolie afirma que esta “geração pode resistir aos genocidas“, além de “rejeitar a discriminação, o discurso de ódio, a propaganda e mentiras”. 

Apesar da alegação inscrita no tweet, a atriz não menciona em momento algum no vídeo as vítimas de Gaza, ou o conflito entre a Palestina e Israel.

Será que era ao povo palestiniano que se dirigia?

Não. O vídeo foi editado de forma a cortar qualquer referência ao povo ao qual a atriz realmente se dirigia. Na verdade, Jolie falava do genocídio de Srebrenica, na Bósnia,e não sobre o conflito israelo-palestiniano.

O vídeo original, divulgado em 2020, mostra Jolie a transmitir uma mensagem de solidariedade e de esperança aos cidadãos bósnios no âmbito do 25.º aniversário do massacre ocorrido na cidade de Srebrenica, onde foram mortos mais de oito mil bósnios em 1995.

As transições repentinas e discurso interrompido em alguns momentos demonstram a tentativa, por parte do autor do post, de ocultar quaisquer referências a Srebenica que, no vídeo original, a atriz menciona diversas vezes. 

Conclui-se, portanto, que o conteúdo é falso, partindo de um vídeo verdadeiro que não tem qualquer relação com o contexto que agora lhe é atribuído.

_______________________________

Geração V

Este artigo foi desenvolvido pelo Polígrafo no âmbito do projeto “Geração V – em nome da Verdade”, uma rede nacional de jovens fact-checkers. O projeto foi concretizado em parceria com a Fundação Porticus, que o financia. Os dados, informações ou pontos de vista expressos neste âmbito, são da responsabilidade dos autores, pessoas entrevistadas, editores e do próprio Polígrafo enquanto coordenador do projeto.

*Texto editado por Marta Ferreira.

______________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque