"A ser verdade, esta besta não tem orgulho nenhum nos feitos dos portugueses que honram a bandeira portuguesa", comenta-se numa das publicações que mostram o suposto tweet da autoria de André Ventura, líder do partido Chega.

Consultando a página de André Ventura no Twitter, porém, não encontramos o tweet em causa, nem qualquer outro que tenha uma mensagem similar ou sequer parecida.

Na verdade, o deputado e líder do Chega não publicou nada sobre as vitórias desportivas dos três referidos atletas portugueses. Trouxeram três medalhas de ouro (uma para cada) dos Campeonatos da Europa de Atletismo de Pista Coberta que se realizaram em Torun, na Polónia.

A falsidade torna-se ainda mais evidente quando verificamos que a mensagem do tweet (que não existe, voltamos a sublinhar) foi copiada a partir de um post de André Ventura no Facebook, datado de 18 de fevereiro.

"É a este ponto de loucura que estamos a chegar. Ou paramos isto ou não temos futuro", escreveu na altura, sim, mas referindo-se a declarações de Joana Cabral, dirigente da associação SOS Racismo, num programa televisivo.

Sem qualquer relação com os feitos desportivos (mais recentes) de Mamona, Dongmo e Pichardo.

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network