"Esta é uma rua na Venezuela. Isso é dinheiro na sarjeta. É inútil. Bem-vindo ao socialismo e ao comunismo onde a inflação é tão alta que o dinheiro não serve mais para nada e não existem mais comércio e empresários que suportem isso! E todo o mundo começa a depender do Governo para poder viver!" Assim se descreve uma imagem com dinheiro no chão, como se fosse lixo, em publicação que se tornou viral nas redes sociais.

Com epicentro no Brasil, a publicação viral entretanto já atravessou o oceano Atlântico e chegou a Portugal. Ao ponto de vários leitores do Polígrafo terem solicitado uma verificação de factos sobre a mesma.

É verdade que a fotografia em causa foi captada numa rua na Venezuela e que, como tal, os venezuelanos estão a atirar dinheiro para o lixo por causa da galopante inflação que assola o sistema económico do país?

De facto, a imagem em causa é de uma rua na Venezuela, mas as notas são de bolívar forte, moeda venezuelana que foi retirada de circulação em 2018, substituída pelo bolívar soberano. Ou seja, não se trata de uma imagem atual.

A publicação que circula nas redes sociais "como se fosse de um descarte de moeda nacional desvalorizada por causa da inflação é, na realidade, uma imagem feita após uma agência do Banco Bicentenario, na cidade de Mérida, ter sido saqueada por bandidos, em março deste ano. Ou seja, as notas estavam espalhadas por conta da ação criminosa e já não possuíam valor", segundo apurou a Agência Lupa, plataforma brasileira de fact-checking.

Aliás, esta imagem já tinha dado origem a outra publicação viral em abril deste ano, mas nos Estados Unidos da América (EUA), apontando também para a inflação na Venezuela (que é um elemento verdadeiro, ressalve-se). Nessa altura, a página Snopes (plataforma norte-americana de fact-checking) alertou desde logo para o facto de se tratar de uma fotografia captada após o assalto a uma agência bancária em Mérida, Venezuela.

Apesar dos níveis elevadíssimos de inflação na Venezuela e da troca de moeda em 2018, utilizar esta imagem para ilustrar esse fenómeno, salientando que os venezuelanos estão a atirar dinheiro para o lixo por causa da inflação, é simplesmente um exercício de desinformação em massa.

Avaliação do Polígrafo:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network