O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Tucker Carlson noticiou detenção do presidente ucraniano e divulgou imagens?

Geração V
O que está em causa?
Várias publicações nas redes sociais afirmam que o apresentador Tucker Carlson divulgou imagens do Presidente Ucraniano a ser preso. Um dos posts sugere que Zelensky será transferido para uma das prisões mais temidas da Rússia, a prisão "Black Dolphin". A afirmação é verdadeira?

Na rede social X, está a circular um tweet que indica que o presidente ucraniano foi capturado e que será preso na prisão de alta segurança “Black Dolphin” (“Golfinho negro”, em português), uma das prisões russas mais temidas.

O tweet alega que o responsável pela divulgação das imagens é o apresentador e comentador norte-americano Tucker Carlson, que entrevistou o presidente russo em fevereiro deste ano.

A imagem partilhada no X mostra Volodymyr Zelensky, alegadamente detido, servindo como suposta prova da alegação no tweet, e Tucker Carlson no canto inferior direito da imagem, como se tivesse a noticiar a sua detenção. No canto inferior esquerdo surge ainda a indicação que aquela é uma notícia de “última hora”.

Mas terão estas afirmações algum fundamento?

Não. A imagem de Zelensky pertence a uma cena da série ucraniana “Servant of The People” (“Servo do Povo”, em português), uma série satírica em que um professor, interpretado por Zelensky, é eleito presidente da Ucrânia. Esta esteve em exibição entre 2015 e 2019 no canal ucraniano “1+1” e foi criada e protagonizada por Zelensky, que tinha uma carreira no mundo das artes antes de assumir a presidência ucraniana.

A imagem em causa foi retirada especificamente da cena de abertura do primeiro episódio da terceira temporada da série, que estreou em março de 2019, tal como se confirma ao visualizar o episódio completo publicado no dia 9 de abril de 2019 no canal de Youtube oficial da série. Para parecer que era Tucker Carlson a noticiar a alegada detenção, esta mesma imagem é editada, colocando uma captura de ecrã do vídeo do primeiro episódio do programa de Carlson no X, publicado na conta oficial do apresentador, no canto inferior direito da montagem.

À agência Reuters, um porta-voz do apresentador norte-americano já desmentiu o tweet e sublinhou que o nome e imagem de Carlson foram utilizados sem a sua permissão.

Conclui-se que a alegação feita na publicação é falsa, sendo a imagem real, mas editada de forma a que parecesse nova e que Tucker Carlson estaria a reportar essa mesma detenção.

_______________________________

Geração V

Este artigo foi desenvolvido pelo Polígrafo no âmbito do projeto “Geração V – em nome da Verdade”, uma rede nacional de jovens fact-checkers. O projeto foi concretizado em parceria com a Fundação Porticus, que o financia. Os dados, informações ou pontos de vista expressos neste âmbito, são da responsabilidade dos autores, pessoas entrevistadas, editores e do próprio Polígrafo enquanto coordenador do projeto.

*Texto editado por Marta Ferreira.

______________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque