Donald Trump deu uma entrevista à Fox News no dia 11 de julho, no programa Sunday Morning Futures. Em cima da mesa esteve a invasão ao Capitólio e uma questão muito específica sobre o acontecimento que manchou o fim do mandato de Donald Trump: foram ou não usadas armas pelos atacantes durante a invasão?

A apresentadora Maria Bartiromo disse: "Chamam-lhe uma insurreição armada e nenhuma arma foi apreendida". A pivô descreveu ainda o assunto como um dos muitos fatores que contribuíram para a desinformação em torno da presidência de Donald Trump. O republicano aproveitou a deixa e logo respondeu "certo", garantindo que "não houve armas de qualquer espécie".

Será que Trump tem razão e é verdadeiro que os atacantes não usaram armas durante a invasão ao Capitólio? A resposta é não, tal como também dá conta o site norte-americano de verificação de factos Politifact.

A plataforma de fact checking consultou vários documentos sobre os 430 invasores que foram detidos por estarem envolvidos no ataque. Destes, vários estavam na posse de armas de fogo. Alguns foram detidos com armas nas redondezas do Capitólio, outros esconderam-nas em vários pontos da cidade de Washington.

Além disso, a cobertura mediática também dá conta que foram usados vários tipos de armas pelos invasores, durante o ataque. Por exemplo, de composição química, de fogo, e outras mais rudimentares como tacos e bastões.

  • Donald Trump disse que "amava" os manifestantes que invadiram o Capitólio?

    O Capitólio, edifício-sede do Congresso dos EUA, em Washington D.C., foi invadido por manifestantes pró-Trump durante a votação para validar os resultados das eleições de 3 de novembro de 2020, vencidas por Joe Biden. O ainda Presidente dos EUA é acusado de ter declarado o seu apoio e afecto aos invasores, em vez de condenar a ação. Verdade ou falsidade?

A invasão ao Capitólio ocorreu a 6 de janeiro deste ano, no momento em que decorria o processo de certificação da vitória de Joe Biden. A maior parte dos atacantes, que protestavam contra o resultado eleitoral, identificavam-se como apoiantes de Donald Trump. No final, cinco pessoas morreram, incluindo um polícia.

Em conclusão, é falsa a afirmação de Donald Trump que garante que não foi usada qualquer espécie de arma durante a invasão ao Capitólio, em Washington. Documentos de tribunais, vídeos captados no local e a cobertura mediática feita ao acontecimento confirmam que foram utilizadas várias armas, incluindo armas de fogo.

____________________________________

Avaliação do Polígrafo:

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network