"Os Cosmonautas Russos que ontem foram para a Estação Espacial Internacional (EEI), num gesto que diz muito, levaram uniformes com as cores da Ucrânia. A Rússia desmente o significado deste gesto dos cosmonautas Russos", assegura o autor de uma publicação no Facebook de 21 de março.

Na imagem, três astronautas (ou cosmonautas) surgem com equipamentos com as cores da bandeira ucraniana: azul e amarelo. Cores que fizeram suscitar questões e que levaram muitos utilizadores das redes sociais a questionar se se tratava de uma homenagem à Ucrânia ou não.

Oleg Artemyev, Denis Matveyev e Sergey Korsakov, da empresa espacial russa Roscosmos, foram os primeiros astronautas a regressar à EEI desde o início da guerra na Ucrânia, após terem descolado da base de lançamento de Baikonur, no Cazaquistão, na sexta-feira.

Na conferência de imprensa, os três astronautas foram questionados sobre o motivo das cores dos fatos espaciais e a resposta do comandante da missão, Oleg ArteMyev, foi simples: "Chegou a nossa vez de escolher uma cor, mas, na realidade, tínhamos acumulado muito material amarelo, pelo que precisávamos de o utilizar. (…) Foi por isso que tivemos de usar amarelo."

Entretanto, no sábado, a Roscosmos rejeitou, no seu canal no Telegram e no Twitter, qualquer apoio à Ucrânia ou manifestação anti-guerra: “Às vezes amarelo é só amarelo. Os fatos de voo da nova equipa são feitos das cores do emblema da Escola Bauman da Universidade Técnica de Moscovo, onde estes astronautas estudaram. O design dos uniformes foi pensado muito antes dos eventos atuais. Ver a bandeira da Ucrânia em tudo e em todo o lado é de loucos."

A agência espacial russa citou ainda Oleg Artemyev, explicando que os fatos foram mandados fazer há seis meses, muito antes do início da intervenção militar russa na Ucrânia. “A cor é apenas a cor. Não tem nada a ver com a Ucrânia. Nestes dias, apesar de estarmos no Espaço, estamos com o nosso presidente e o nosso povo!". Também Dmitry Rogozin, diretor-geral da Roscosmos, garantiu no Telegram que os que os cosmonautas russos não têm qualquer simpatia pelos nacionalistas ucranianos.

___________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.