"Idolatrar ditadores é monstruoso. Aguardando um posicionamento da Confederação Brasileira de Futebol. Fora Tite", lê-se num dos posts em causa. "Esse é o técnico da seleção brasileira que não suporta o Presidente da República, chefe de Estado e de Governo da República Federativa do Brasil", salienta-se noutro exemplo, com referência a Jair Bolsonaro, atual Presidente do Brasil.

A imagem é autêntica?

Sim, mas não retrata Tite, treinador da seleção nacional de futebol do Brasil.

Na realidade, o homem que aparece na imagem é Miguel Díaz-Canel, atual Presidente da República de Cuba, que visitou o Cemitério de Santa Ifigénia, em Santiago de Cuba, no dia 29 de outubro, prestando homenagem junto ao túmulo de Fidel Castro.

Precisamente esta imagem, aliás, foi difundida na página oficial de Díaz-Canel no Twitter, a 30 de outubro.

"A alegação circula entre notícias de que Tite não visitará o Presidente Jair Bolsonaro caso a seleção conquiste o hexacampeonato no Qatar em 2022, com receio de que a sua imagem seja utilizada para fins políticos durante as eleições de outubro nas quais Bolsonaro buscará a reeleição. O técnico da seleção é considerado 'de esquerda' por apoiantes do Presidente", realça a AFP Checamos, em artigo de verificação de factos sobre esta imagem que está a ser explorada como meio de desinformação.

___________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Assina a Pinóquio

Fica a par de todos os fact-checks com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Recebe os nossos alertas

Subscreve as notificações do Polígrafo e recebe todos os nossos fact-checks no momento!

Em nome da verdade

Segue o Polígrafo nas redes sociais. Pesquisa #jornalpoligrafo para encontrares as nossas publicações.
Pimenta na Língua
International Fact-Checking Network