Os vídeos mostram a fila de pessoas que, no dia 29 de dezembro de 2021, aguardava para realizar o teste à Covid-19 – uma fila que contornava o edifício dos bombeiros voluntários de Setúbal. Entre os utentes que aguardam a sua vez estão, de acordo com as imagens, algumas pessoas com mobilidade reduzida. Os vídeos foram enviados ao Polígrafo juntamente com uma descrição da situação:

“A população faz filas de uma hora ou mais antes da abertura dos postos para conseguir uma das 50 senhas dadas em cada período do dia, quando para espanto de todos, chegam aos 30 colaboradores da Câmara Municipal de Setúbal (em horário de trabalho! Sim, porque tal situação não acontece no turno da noite!) no horário de abertura e têm prioridade perante toda a população incluindo idosos, crianças e pessoas com mobilidade reduzida!”

O Gabinete da Presidência da Câmara Municipal de Setúbal confirma ao Polígrafo que “os trabalhadores dos serviços essenciais (forças e serviços de segurança, profissionais de saúde, trabalhadores da câmara e das juntas de freguesia do concelho) têm prioridade na testagem, desde o início da testagem gratuita à população”. Acrescenta ainda que esta regra “consta no aviso colocado no local de realização de teste e no site da Internet da Câmara Municipal”.

No dossier referente ao “Especial Covid-19”, publicado no site oficial da autarquia, não está explícita a referida regra. Surge, no entanto, publicada numa notícia sobre a abertura de um novo posto de testagem, datada de 16 de dezembro de 2021: “Forças e serviços de segurança, elementos do INEM, bombeiros e outros agentes de proteção civil, profissionais de saúde, trabalhadores municipais e das juntas de freguesia têm prioridade de atendimento” nos postos de testagem, durante o horário diurno. Durante a noite, “não é atribuída prioridade aos trabalhadores de serviços essenciais, funcionando a testagem por ordem de chegada”.

A autarquia reconhece que houve um “aumento da procura devido à Resolução do Conselho de Ministros, em 23 de dezembro de 2021” e avança que foi duplicada “a capacidade de testagem à população”.

Segundo dados disponibilizados pelo Gabinete da Presidência da autarquia, até ao dia 6 de janeiro de 2022 foram realizados no município 37.215 testes à Covid-19, dos quais 937 foram positivos. É ainda referido que, até ao momento, não recebeu qualquer reclamação sobre o processo de testagem em curso no concelho de Setúbal.

_____________________________

Avaliação do Polígrafo:

Assina a Pinóquio

Fica a par de todos os fact-checks com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Recebe os nossos alertas

Subscreve as notificações do Polígrafo e recebe todos os nossos fact-checks no momento!

Em nome da verdade

Segue o Polígrafo nas redes sociais. Pesquisa #jornalpoligrafo para encontrares as nossas publicações.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network