O primeiro jornal português
de Fact-Checking

T-shirt infantil com o que aparenta ser uma bandeira ucraniana com uma cruz em cima esteve à venda no El Corte Inglés?

Sociedade
O que está em causa?
A polémica “estalou” nas redes sociais, este fim de semana, dando conta de que aquela que é atualmente a “maior marca de Espanha” – o El Corte Inglés – estava a vender “uma t-shirt com uma bandeira ucraniana riscada”. Será que a alegação tem fundamento?

“Isto é o que a maior marca de Espanha @elcorteingles vende na sua página web”, lê-se numa publicação partilhada, a 11 de maio, na rede social X/Twitter. Em causa estaria uma t-shirt “para crianças” que apresentava o que aparenta ser “uma bandeira ucraniana riscada” – ou seja, com uma cruz vermelha em cima.

“Para fazer o quê? Ensinar o ódio desde tenra idade? Qual é exatamente o conceito por detrás disto? Espalhar o ódio? Reforçar a ideia da Rússia de que a Ucrânia não deve existir? Incentivar as crianças a desprezar a Ucrânia? Estou tão perplexo com isto, que me faltam as palavras”, lê-se no mesmo post.

A polémica chegou, inclusive, a Portugal, havendo quem se se dissesse incrédulo por o El Corte Inglés ter colocado “não só” esse artigo “à venda”, mas também ter usado a mesma como parte integrante da “imagem de promo” da campanha “Semana da Internet”, que oferecia até 40% de desconto “numa seleção de artigos. 

Mas será que se confirma que esta t-shirt foi mesmo colocada à venda por parte da marca?

Sim. Através de pesquisa reversa, foi possível encontrar a imagem que acompanha todas estas alegações no website do El Corte Inglés. O artigo, intitulado “T-shirt Gráfico Geométrico”, da marca Gocco, estará atualmente “esgotado”, segundo informa a mesma página. O que pode, no entanto, significar que a mesma terá sido retirada de circulação na sequência da polémica que se instalou nas redes sociais. 

A mesma pesquisa reversa indica que a mesma camisola estaria à venda no site da Gocco e que a mesma existiria “em stock”. Porém, tentando aceder à página onde esta peça de vestuário estaria à venda, o comprador depara-se com uma mensagem de “erro”.    

O El Corte Inglés também já reagiu à polémica, através de um comunicado partilhado no X: “No El Corte Inglés preocupamo-nos com a opinião de todos e, transmitindo as palavras da Gocco, os desenhos da marca são realizados com muito carinho e respeito por todas as comunidades e países.”

Acrescentou, ainda, que “a marca tem apresentado produtos similares aos do modelo, mas noutras cores”, materializando uma “tentativa de transmitir espontaneidade e a naturalidade de ser criança”. E conclui-se: “O El Corte Inglés e a Gocco lamentam ter ofendido algumas pessoas, sem ter essa intenção.”

Ao Polígrafo, fonte oficial do El Corte Inglés confirmou que vende “a marca Gocco que, na sua coleção, inclui uma t-shirt cuja estampa tem cores similares às de uma bandeira” – neste caso, a bandeira ucraniana. “Tivemos conhecimento de que essa estampa ofendia algumas sensibilidades e disso demos imediatamente conhecimento à marca, ao mesmo tempo que retirámos a peça das nossas lojas, incluindo da loja on-line, razão pela qual aparece como esgotada”, acrescentou ainda a marca. 

Sobre a imagem em causa, notou ainda que a mesma “faz parte de uma estampa com diversas declinações e utilizada em diversas peças de vestuário”. Exemplo disso mesmo é a camisola apresentada abaixo, igualmente à venda no site da marca. Existe ainda, pelo menos, outro modelo, que apresenta uma imagem muito semelhante a uma bandeira ucraniana invertida – com uma faixa amarela em cima e outra azul, embora mais esverdeada do que no caso anterior, em baixo –, com uma cruz vermelha em cima.

A mesma fonte concluiu, reforçando: “Além disso, logo que tivemos conhecimento daquela interpretação, explicámos, em nosso nome e também da marca, que não temos nenhuma intenção de ofender quem seja, nem muito menos utilizar qualquer produto para marcar uma posição.”

Perante estes factos, confirma-se que esta t-shirt com o que aparenta ser uma bandeira ucraniana com uma cruz em cima esteve à venda no El Corte Inglés.

______________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque