"O FC Porto continua na liderança da Liga NOS com os mesmos pontos do que o Benfica depois do empate (1-1) dos encarnados em casa frente ao Tondela. Cientes de que uma vitória valia a liderança isolada, Rafa dispôs de uma grande oportunidade logo aos dois minutos, mas Cláudio Ramos defendeu com classe. Na 2.ª parte, o Tondela ficou perto do golo após remate de Richard, aos 75′. O Benfica pressionou e teve várias oportunidades, mas pecou na finalização: Rúben Dias atirou ao ferro e Dyego Sousa teve na cabeça várias oportunidade de golo", descreve-se no texto da publicação em causa.

"Benfica e FC Porto estão agora empatados com 60 pontos, mas os dragões têm vantagem no confronto direto. Nas redes sociais já há benfiquistas que querem a saída do técnico do Benfica", conclui-se.

Ou seja, o título da "notícia" não tem qualquer base de sustentação no respetivo texto.

Mesmo a frase final, segundo a qual "nas redes sociais já há benfiquistas que querem a saída do técnico do Benfica", não apresenta sequer um exemplo, a título ilustrativo.

Consultando a imprensa desportiva, nas últimas horas, também não encontramos qualquer informação que aponte para um manifesto descontentamento de adeptos do Sport Lisboa e Benfica, supostamente exigindo a "saída imediata" do treinador.

Em suma, estamos perante um título falso, ou meramente especulativo e enganador, como forma de clickbait.

_________________________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Título falso: as principais alegações dos conteúdos do corpo do artigo são verdadeiras, mas a alegação principal no título é factualmente imprecisa.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network