"Em meio aos ataques na Câmara, Sérgio Moro dispara: 'Se eu falar a verdade vou ter que prender todos e fechar o Congresso!'" Esta é a mensagem de uma publicação que se tornou viral nas redes sociais, com epicentro no Brasil, focada na imagem e nessa suposta citação de Sérgio Moro, ex-juiz federal e atual ministro da Justiça do Brasil.

Ora, esta citação é verdadeira ou apócrifa? Sérgio Moro ameaçou mesmo "prender deputados" e "fechar Congresso" no Brasil?

Não encontramos registo público de que a frase em causa tenha alguma vez sido proferida por Sérgio Moro, quer nas funções de juiz federal, quer no período de desempenho do cargo de ministro da Justiça, no atual Governo liderado pelo Presidente Jair Bolsonaro.

Mais, a Agência Lupa, plataforma brasileira de fact-checking, analisou a publicação em causa e concluiu que foi publicada originalmente numa página satírica da rede social Twitter, denominada como "Falha de São Paulo" (trocadilho com o nome do jornal "Folha de São Paulo"). Entretanto foi republicada no Facebook, "sem indicação da autoria e nem que se tratava de humor".

A citação apócrifa de Moro, de acordo com a publicação em análise, teria sido registada no dia 2 de julho, quando Moro participou numa audiência pública na Câmara Federal, realizada pelas comissões de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJC), Direitos Humanos e Minorias (CDHM), e Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP).

A Agência Lupa também verificou as declarações do ministro e dos deputados (as quais podem ser lidas na íntegra aqui) nessa audiência pública, confirmando que Moro não ameaçou "prender deputados" e "fechar Congresso". A publicação é falsa. Trata-se afinal de uma sátira (na sua versão original) que está a ser difundida como se fosse uma notícia factual e verdadeira, provocando desinformação na opinião pública.

Avaliação do Polígrafo:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso