"Portugal, país pequeno mas de enormes salários… Para alguns. Acorda povo! Salário do presidente da Reserva Federal dos EUA, 203.500 dólares, ao câmbio atual corresponde aproximadamente a 171.148,59 euros", alega-se no post de 22 de junho no Facebook, comparando depois com o salário anual do "presidente" (na realidade é governador) do Banco de Portugal: mais de 237 mil euros.

Os valores indicados estão corretos?

Começando pelo atual presidente do Sistema de Reserva Federal (Fed), o banco central dos Estados Unidos da América (EUA), Jerome H. Powell, de acordo com a informação disponível mais recente, aufere um salário anual de 203.500 dólares norte-americanos. À taxa de câmbio atual corresponde a cerca de 170.553 euros.

Quanto ao governador do Banco de Portugal, cargo exercido por Mário Centeno (ex-ministro das Finanças) desde julho de 2020, consultando a informação disponibilizada na respetiva página institucional, verifica-se que o salário mensal do governador, nos últimos anos, tem sido de 16.926,82 euros.

Multiplicando esse valor por 14 meses, incluindo os subsídios de Férias e de Natal vigentes em Portugal, totaliza 236.975,48 euros de remuneração anual para o governador do BdP.

Ou seja, mais 66.422,48 euros do que o presidente da Reserva Federal dos EUA.

Apesar de ligeiras imprecisões nos valores exatos das remunerações, o post em causa difunde informação factualmente correta. Confirma-se que o salário do governador do BdP é bastante superior ao do presidente da Fed.

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Verdadeiro: as principais alegações do conteúdo são factualmente precisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Verdadeiro" ou "Maioritariamente Verdadeiro" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Assina a Pinóquio

Fica a par de todos os fact-checks com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Recebe os nossos alertas

Subscreve as notificações do Polígrafo e recebe todos os nossos fact-checks no momento!

Em nome da verdade

Segue o Polígrafo nas redes sociais. Pesquisa #jornalpoligrafo para encontrares as nossas publicações.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network