O líder do PSD, Rui Rio, afirmou ontem à noite - em debate na TVI frente a Catarina Martins, líder do BE - que Portugal tem "a terceira maior dívida da Europa e uma das maiores do mundo".

Essa informação é correta e verdadeira?

Sim, confirma-se, apesar de uma ligeira imprecisão: Rio pretenderia referir-se à União Europeia (UE) e não à Europa em geral. No que respeita à UE, de acordo com os dados mais recentes, Portugal tem mesmo a terceira dívida pública mais elevada.

No dia 19 de julho, o Eurostat informou que as dívidas públicas da Zona Euro e da UE recuaram no primeiro trimestre do ano face ao período homólogo, mantendo Portugal o terceiro lugar dos países mais endividados.

De acordo com os dados do Eurostat, na Zona Euro a dívida pública estabeleceu-se nos 85,9% do Produto Interno Bruto (PIB), abaixo dos 87,1% do primeiro trimestre de 2018, mas com um ligeiro agravamento face aos 85,1% do PIB registados entre outubro e dezembro últimos. Na UE, o rácio da dívida foi de 80,7% do PIB, abaixo dos 81,6% homólogos mas superior ao de 80,0% do quarto trimestre de 2018.

Portugal continua a apresentar a terceira maior dívida pública (123,0% do PIB), depois da Grécia (181,9%) e da Itália (134,0%). Face ao primeiro trimestre de 2018, cinco Estados-membros viram a sua dívida pública agravar-se, 21 registaram uma diminuição, tendo dois mantido o rácio estável (Espanha e Reino Unido).

Quanto à escala global, também se confirma que a dívida pública do Estado português é "uma das maiores do mundo", tal como declarou ontem o líder do PSD.

De acordo com os dados mais recentes do Fundo Monetário Internacional (FMI), Portugal tem a 10ª dívida mais elevada do mundo em percentagem do PIB. A tabela é liderada pelo Japão (dívida de 237,5% do PIB), seguindo-se a Venezuela, Sudão, Grécia, Líbano, Itália, Eritreia, Cabo Verde e Moçambique.

.

Avaliação do Polígrafo:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro