O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Rui Cristina: PSD chumbou no Parlamento a iniciativa do Chega para reverter políticas do PS sobre Alojamento Local?

Política
O que está em causa?
Um ex-PSD seduzido pela direita radical que agora se atira contra o partido pelo qual já foi deputado. Rui Cristina diz que o PSD está "irreconhecível", isto porque terá chumbado no Parlamento uma iniciativa do Chega que "pretendia reverter as medidas adotadas contra o Alojamento Local". Confirma-se?
© José Sena Goulão/Lusa

Rui Cristina saiu do PSD em janeiro deste ano alegando que a liderança de Luís Montenegro só estava preocupada com “ajustes de contas internos”. Agora, já na qualidade de deputado do Chega, defendeu que o PSD está “irreconhecível“. Porquê? Numa publicação de 8 de maio no Facebook, Cristina alega que “o PSD afirmou diversas vezes que queria reverter as políticas do PS relativamente ao Alojamento Local”, mas que “hoje, a 8 de maio de 2024, o PSD chumba no Parlamento a iniciativa do Chega que pretendia reverter as medidas adotadas contra o Alojamento Local”.

Para suportar a alegação, o ex-PSD partilha um recorte de uma notícia publicada nesse mesmo dia, da qual se exibe apenas o título, que informa que o “PSD chumba projetos de IL e Chega para reverter medidas sobre alojamento local”.

A notícia é verdadeira e tem origem no “Jornal de Notícias“, mas o deputado oculta desde logo a parte inicial da mesma, em que se lê que “a abstenção do PSD levou esta quarta-feira ao chumbo, na Assembleia da República, dos projetos de lei sobre alojamento local apresentados pela IL e pelo Chega, que pretendiam reverter as medidas adotadas pelo anterior Governo socialista”.

Ou seja, sim, o PSD ajudou a chumbar os projetos de IL e Chega que pretendiam reverter medidas sobre alojamento local adotadas pelo Governo socialista, mas fê-lo por via da abstenção, contexto esse que não está expresso no post de Rui Cristina.

Durante o debate em plenário, o deputado social-democrata Gonçalo Lage, sublinhou que a crise na habitação exige uma “resposta articulada” e não “retalhos” dispersos por sete projetos autónomos, tendo por isso o PSD optado pela abstenção na hora de votar.

Além disso, o Programa de Governo (PSD-CDS/PP), apresentado na Assembleia da República no dia 10 de abril, inclui a revogação de medidas do programa Mais Habitação, onde se incluem as “medidas penalizadoras do alojamento local como a Contribuição Extraordinária sobre o Alojamento Local, a caducidade das licenças anteriores ao programa Mais Habitação, e outras limitações legais consideradas desproporcionais”.

______________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque