O Partido Social Democrata (PSD) revelou no Twitter que “desde 2018 que a taxa de desemprego não estava tão elevada”, em Portugal. “Taxa de desemprego atinge 8,1%, havendo mais 111 mil inativos”, diz o PSD.

Na publicação garante-se que “é o valor mais alto desde agosto de 2018”. “Que Portugal queremos?”, questiona-se. Os números utilizados têm como fonte o Instituto Nacional de Estatística (INE), segundo se afirma no tweet. Os números são reais?

PSD desemprego

Segundo os dados do INE, é verdade que a taxa de desemprego (ajustada de sazonalidade) da população ativa com idade entre 15 e 74 anos subiu para 8,1% em julho. Já em agosto de 2018, a taxa de desemprego estava nos 7%. Desde essa altura que o desemprego não atingia esses números.

Contudo, já no mês de junho deste ano, a taxa de desemprego tinha sido mais alta do que em agosto de 2018, visto que alcançou os 7,3%. Para chegar a um valor mais alto do que os 8,1% de julho é preciso recuar até outubro de 2017, quando a taxa de desemprego se situou nos 8,4%, ainda que no mês seguinte tivesse descido para os mesmos 8,1% ao nível de julho deste ano.

Segundo os dados do INE, é verdade que a taxa de desemprego (ajustada de sazonalidade) da população ativa com idade entre 15 e 74 anos subiu para 8,1% em julho. Já em agosto de 2018, a taxa de desemprego estava nos 7%. Desde essa altura que o desemprego não atingia esses números.

Se o número base para a comparação for os 7,3% de junho, também não faz sentido comparar com agosto de 2018, visto que em só em março desse ano é que o valor foi mais alto (7,4%).

Relativamente aos mais 111 mil inativos, este valor também não corresponde a uma comparação com agosto de 2018. O relatório divulgado pelo INE revela que em julho há mais 111,5 inativos relativamente ao mesmo mês de 2019.

Assim, podemos concluir que a afirmação do PSD é verdadeira, visto que o valor da taxa de desemprego está certo e é o mais alto desde agosto de 2018. No entanto a comparação não faz grande sentido, visto que a última vez em que a taxa de desemprego superou os 8,1% de julho foi em outubro de 2017.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro, mas...
International Fact-Checking Network