A medida é inovadora e até mereceu reações exageradas por parte de caras socialistas, como Miguel Costa Matos, que se apressou a declarar, nas redes sociais, o fim da propina em Portugal. Já António Costa, em Évora, limitou-se a informar os estudantes portugueses de que, se escolhessem trabalhar no seu país, poderiam reaver o valor investido no ensino superior a cada ano de trabalho.

À esquerda, as reações assemelham-se e, se a deputada bloquista Joana Mortágua lhe chamou uma "engenharia da aldrabice", considerando que o Governo está a jogar com o tempo para que as pessoas se "esqueçam ou emigrem", Duarte Alves, do PCP, optou por fazer as contas aos bolsos do Governo: "Se há orçamento para 'devolver' a propina, então a propina passa a ter, assumidamente, um único propósito: funcionar como barreira socioeconómica para impedir o acesso ao Ensino Superior dos que menos têm."

O problema, aponta "tweet" divulgado ontem, é que "o PS, nos últimos anos, votou sempre contra" o fim da propina. "Fui buscar esta cronologia essencial do PCP que propõe a eliminação de propinas no primeiro ciclo, mestrados, doutoramentos e fim de emolumentos", descreve a autora do "tweet" que partilha uma imagem da autoria dos comunistas.

tt

O Polígrafo reuniu as propostas à esquerda, levadas à Assembleia da República (AR) nos últimos oito anos de governação socialista. Uma a uma, como votaram os socialistas?

10 de março de 2017 - BE pede plano plurianual para o fim das propinas nas instituições de ensino superior públicas

Contra:PSD, PS, CDS-PP
Abstenção:Diogo Leão (PS), João Torres (PS), Ivan Gonçalves (PS)
A Favor: BE, PCP, PEV, PAN

____________________________________________________

10 de março de 2017 - PCP recomenda o fim das propinas no ensino superior público

Contra:PSD, PS, CDS-PP
A Favor: BE, PCP, PEV, PAN

____________________________________________________

15 de fevereiro de 2019 - BE quer o fim das propinas nas licenciaturas e nos mestrados integrados do Ensino Superior Público

Contra:PSD, PS, CDS-PP, Paulo Trigo Pereira (Ninsc)
Abstenção:PAN
A Favor: BE, PCP, PEV, Diogo Leão (PS), Hugo Carvalho (PS), Ivan Gonçalves (PS)

____________________________________________________

15 de fevereiro de 2019 - PCP pede um regime transitório de isenção de propinas no ensino superior público

Contra:PSD, PS, CDS-PP, Paulo Trigo Pereira (Ninsc)
Abstenção:PAN
A Favor: BE, PCP, PEV

____________________________________________________

15 de fevereiro de 2019 - PCP quer eliminação faseada das propinas no Ensino Superior Público

Contra:PSD, PS, CDS-PP, Paulo Trigo Pereira (Ninsc)
Abstenção:PAN
A Favor: BE, PCP, PEV, Diogo Leão (PS), Hugo Carvalho (PS)

____________________________________________________

2 de outubro de 2020 - PCP pede eliminação das propinas no Ensino Superior Público

Contra:PS, PSD, CDS-PP, CH, IL, Cristina Rodrigues (Ninsc)
A Favor: BE, PCP, PAN, PEV, Joacine Katar Moreira (Ninsc)

____________________________________________________

7 de outubro de 2022 - PCP volta a pedir a eliminação das propinas, taxas e emolumentos no Ensino Superior Público

Contra:PS, PSD, CH, IL
Abstenção:8-PS, Tiago Soares Monteiro (PS), Pedro Anastácio (PS), Francisco Dinis (PS), Eunice Pratas (PS), Joana Sá Pereira (PS), Miguel Matos (PS), Eduardo Alves (PS), Miguel Dos Santos Rodrigues (PS)
A Favor: PCP, BE, PAN, L

____________________________________________________

Em suma, desde que formou Governo em novembro de 2015, o Partido Socialista de António Costa votou sempre ao lado da direita contra o fim das propinas no ensino superior, como comprova o histórico de votações e iniciativas no portal do Parlamento.

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network