"A prisão da Greta Thunberg foi encenada. Apenas para a pequena atriz conseguir ser manchete ao redor do mundo exatamente durante o Fórum Económico Mundial", destaca post de 21 de janeiro no Facebook. A publicação divulga ainda o vídeo do momento em que a ativista climática terá sido falsamente "presa", durante um protesto na Alemanha.

De facto, a ativista climática Greta Thunberg foi detida esta terça-feira (21 de janeiro) pela polícia alemã enquanto se manifestava contra a demolição da vila alemã de Lützerath, para expansão de uma mina de carvão. Greta Thunberg, de 20 anos, "fazia parte de um grupo de ativistas que correram para a entrada da mina. No entanto, ela foi parada e carregada por nós para fora da área de perigo imediato para a podermos identificar", disse um porta-voz da polícia de Aachen à Reuters.

No vídeo, a jovem é vista a ser segurada pelos braços por dois polícias e, posteriormente, carregada para fora daquele local. Claudia Suthor, porta-voz da polícia de Aachen na Alemanha, disse à plataforma de verificação de factos PolitiFact que Thunberg, entre outros manifestantes detidos, não foi presa, mas antes obrigada a fornecer as suas informações aos polícias antes de ser libertada. Suthor acrescentou ainda que nada do que aconteceu foi encenado.

Christian Wernicke, um jornalista que cobriu o protesto para o jornal alemão "Süddeutsche Zeitung", disse à BBC que Thunberg não foi a primeira manifestante a ser detida e que o vídeo mostra os polícias a "decidir como procederiam com a verificação de identidade e a esperar para levar Greta até ao carro da polícia".

___________________________

Avaliação do Polígrafo:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
Falso
International Fact-Checking Network