"Não custa nada fazer", escreve o utilizador daquela rede social que partilhou a mensagem com uma suposta“dica muito útil” para quem levanta dinheiro em caixas automáticas. 

“Antes de inserir o seu cartão no ATM pressione o botão CANCELAR, neste momento vai automaticamente ser cancelada toda a manobra programada pelos ladrões que desejam roubar o seu PIN”, garante-se no texto supostamente escrito por um banco.

ATM multibanco

Pede-se "por favor" que se cumpra esta sugestão "sempre que desejar efetuar qualquer transação no ATM" e que se partilhe a informação de maneira a chegar a mais pessoas.

Mas será que este truque funciona mesmo e ajuda a evitar fraudes quando se levanta dinheiro em caixas multibanco?

Ao Polígrafo, fonte oficial da SIBS Portugal garante que não. “A referida técnica, de pressionar o ´Botão CANCELAR` sem qualquer cartão inserido na máquina, não tem qualquer efeito na rede de caixas automáticas MULTIBANCO”, esclarece a entidade que gere a rede Multibanco.

A empresa garante também que “não tem informação sobre a implementação desta técnica em qualquer país europeu ou de qualquer outro continente.”

A SIBS recorda a necessidade de cumprir algumas regras de utilização da rede multibanco para evitar burlas. Não fornecer a ninguém o PIN do cartão bancário, que deverá ser memorizado pelo seu utilizador, é uma das principais medidas. É também aconselhado que se verifique de forma regular os movimentos efetuados com o cartão e, caso se detetem irregularidades, se contacte de imediato a entidade bancária.

Ao Polígrafo, fonte oficial da SIBS Portugal garante que "a referida técnica, de pressionar o ´Botão CANCELAR` sem qualquer cartão inserido na máquina, não tem qualquer efeito na rede de caixas automáticas MULTIBANCO”, esclarece a entidade que gere a rede Multibanco.

Também no site do Banco de Portugal (BdP) são apresentadas algumas sugestões para evitar fraudes com cartões bancários. "'Quem desconfia de tudo, adivinha metade', já diz o ditado. Não pedimos que desconfie de tudo, mas há alguns cuidados que deve ter quando utiliza cartões de pagamento e que podem protegê-lo de potenciais situações de fraude", adverte o banco central.

Deste modo, o BdP aconselha que não se use o terminal caso este aparente ter sido alterado ou se estiver danificado - sobretudo na ranhura onde se insere o cartão. Além disso, se o utente pensar que está a ser vítima de tentativa de fraude não deve aceitar a ajuda de terceiros para recuperar o cartão.

Caso este fique retido no ATM, será logo revelado o motivo da captura.  Se isso não acontecer ou a justificação suscitar dúvidas, adverte o BdP, deve notificar-se imediatamente o banco. "Alguém pode ter manipulado o terminal com o objetivo de impedir que o cartão saia e, mais tarde, apropriar-se indevidamente do mesmo", alerta-se.

________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network