A libertação de Lula da Silva foi o pretexto para a publicação de milhares de notícias em todo o mundo. Sobretudo no Brasil, em que durante vários dias a imprensa tradicional e redes sociais se tornaram quase monotemáticas.

Entre a informação veiculada desde que o Supremo Tribunal Federal abriu as portas da cadeia ao ex-Presidente da República, contam-se dezenas de fake news. Uma das mais visíveis é um vídeo manipulado colocado a circular nas redes sociais, onde foi partilhado milhares de vezes.

Nele, dezenas de presos festejam dentro de uma cela. A legenda que acompanha o vídeo diz: "Criminosos comemoram na cadeia o fim da prisão em segunda instância". Além disso, é possível ouvir o cântico "Olê, olê, olê, olá, Lula, Lula".

Porém, uma pesquisa pela história destas imagens permite-nos concluir que as mesmas datam de 2016 e foram gravadas na prisão de Alcaçuz, em Rio Grande do Norte, onde ocorreu uma onda de rebeliões. Mais: no vídeo original, o nome de Lula da Silva nunca é mencionado – nele, os presos gritam: “Uh, é a massa”.

Outras 3 fake news colocadas a circular a propósito da libertação de Lula:

1 - O apresentador Luciano Huck, da Rede Globo, emprestou o seu avião ao ex-presidente para viajar de Curitiba, onde esteve preso, para São Paulo. Na verdade, Luciano Huck não emprestou o seu avião a Lula, que contratou um táxi aéreo a uma empresa de que o apresentador é sócio.

lula da Silva

2 – Lula pediu autorização para viajar para o Dubai em lua de mel.O rumor foi divulgado pelas redes sociais, tendo mesmo obrigado Lula a fazer um comunicado público a desmentir essa alegada intenção, apesar de já ter manifestado publicamente a intenção de casar com a namorada, a socióloga Rosângela da Silva.

lula da sila

3 – Um vídeo mostra a chegada de Lula a São Bernardo do Campo, a localidade onde vive. Nas imagens a euforia é total, com fogo de artifício e uma multidão em euforia. Na verdade, o vídeo, que foi abundantemente distribuído nas redes sociais, é dos adeptos do Fortaleza depois da final da Copa do Nordeste de 2019, que o clube brasileiro venceu.

Avaliação do Polígrafo:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Pimenta na Língua
International Fact-Checking Network