O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Presidente de Junta diz que mulher e criança “escolheram ir pelo meio da rua” mesmo com passeios cheios de carros?

Sociedade
Este artigo tem mais de um ano
O que está em causa?
Imagem de uma mulher e de uma criança a caminharem na estrada, em Belém, está a gerar controvérsia nas redes sociais. Por um lado, porque o passeio está completamente ocupado por carros, o que obrigava os dois peões a seguir pela estrada. Por outro, porque o Presidente de Junta daquela Freguesia decidiu comentar a situação: "A senhora em causa escolheu ir no meio da rua quando tinha o outro lado do passeio completamente livre. E o extraordinário é que ninguém diz nada."

“Já vi muito desprezo pelo peão de autarcas, mas este comentário do presidente de Junta de Freguesia de Belém sobre uma mãe com uma criança, que teve de ir pelo alcatrão para contornar estacionamento indevido, bate tudo”, comenta-se num “tweet” divulgado durante a manhã desta quinta-feira (11).

[twitter url=”https://twitter.com/menos1carro/status/1656599355703304193″/]

Em causa uma fotografia publicada originalmente no grupo de Facebook “Vizinhos de Belém”: uma mulher e uma criança seguem pela estrada uma vez que os passeios estão ocupados na sua totalidade com carros. Ou pelo menos o passeio da direita, o único visível neste “post” feito durante a tarde de quarta-feira, poucas horas antes de se tornar viral.

Na caixa de comentários, ainda surge, à data de publicação deste artigo, a frase escrita por Fernando Ribeiro Rosa, o Presidente de Junta daquela freguesia lisboeta, eleito pela coligação PSD/CDS: “Pois é, a senhora em causa escolheu ir no meio da rua quando tinha o outro lado do passeio completamente livre. E o extraordinário é que ninguém diz nada.”

“O que é extraordinário é um Presidente de Junta estar ao corrente deste problema (constante), nada fazer para o corrigir, e ainda ter o topete de vir aqui fazer um comentário desse calibre. A sua incompetência e desonestidade ficam bem claras. Talvez esteja na altura de se reformar”; “O senhor Presidente também escolheu criticar a senhora, quando a atitude certa era fazer o seu trabalho e acabar com o estacionamento abusivo e garantir que o espaço público da sua freguesia cumpre o D.L. 163/2006”, criticaram alguns moradores.

O autor do “post” divulgou, logo após o comentário de Ribeiro Rosa, a fotografia completa, ou seja, com os dois lados do passeio visíveis: estão ambos repletos de automóveis, não parecendo ser possível caminhar livremente nos mesmos.

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque