"Dados do Eurostat apontam o nosso país com a quinta posição no ranking europeu. De acordo com dados de 2017, em cada 100 mil habitantes existem 115 assaltos. Para se considerar assaltos, o Eurostat categoriza assaltos como roubo com recurso a força pelo que muitos outros, sem força ou feitos 'na calada', podem não estar incluídos", salienta-se no texto da publicação em causa.

"No top dos países menos assaltados temos a Roménia (16 por 100 mil habitantes), Estónia e República Checa (15 cada), Chipre (14), Eslovénia (12), Eslováquia e Hungria (9 cada)", acrescenta-se.

Verdade ou falsidade?

Esta publicação baseia-se numa recente notícia da Agência Lusa e, exceptuando alguns comentários mais subjetivos, é factualmente correta.

"Portugal registou, em 2017, a quinta maior taxa de assaltos registados pelas forças policiais (115 por 100 mil habitantes) da União Europeia (UE), segundo dados divulgados pelo Eurostat. De acordo com o gabinete estatístico da UE, a Bélgica (167 por 100 mil habitantes), a França (150), a Espanha (144), Inglaterra e País de Gales (parte do Reino Unido, 132) e Portugal (115) apresentaram, em 2017, as mais altas taxas de assaltos registados pela polícia", informou a Agência Lusa, no dia 31 de outubro de 2019.

"No outro extremo da tabela estão a Roménia (16 por 100 mil habitantes), Estónia e República Checa (15 cada), Chipre (14, Eslovénia (12), Eslováquia e Hungria (9 cada). Na UE, durante o ano de 2017, foram registados 396 mil assaltos. O Eurostat define assalto como roubo com uso de força", concluiu.

***

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Verdadeiro: as principais alegações do conteúdo são factualmente precisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “verdadeiro” ou “maioritariamente verdadeiro” nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro