"O socialismo estagnou Portugal", alega-se na mesma publicação que também apresenta a imagem de uma tabela da Pordata com os dados da evolução do PIB per capita (PPS) de Estados-membros da União Europeia (UE) entre 1995 e 2018.

Confirma-se que os 10 países que aderiram à União Europeia em 2004 "estão a ultrapassar Portugal no PIB per capita"?

Esta alegação já circula nas redes sociais, em diferentes versões, desde há cerca de quatro meses. Baseia-se no relatório de análise económica a Portugal (pode consultar aqui) que foi divulgado no dia 26 de fevereiro de 2020 pela Comissão Europeia.

Consultando a fonte primária, isto é, o relatório da Comissão Europeia, confirmamos a informação de que "o rendimento médio per capita em paridade de poder de compra para os 10 países que entraram na União Europeia em 2004 já está ao mesmo nível de Portugal, superando uma diferença de cerca de 17 pontos percentuais em 15 anos".

Estes números também podem ser conferidos na base de dados Pordata, tendo em atenção que os 10 países que entraram na União Europeia em 2004 foram os seguintes: República Checa, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Polónia, Eslováquia, Eslovénia (perfazendo oito da Europa de Leste), Malta e Chipre (perfazendo dois do Mediterrâneo).

É notória a evolução negativa de Portugal, em contraste com a evolução positiva dos referidos 10 países, isto em termos relativos.

Concluímos assim que a publicação sob análise é factualmente correta.

________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Verdadeiro: as principais alegações do conteúdo são factualmente precisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Verdadeiro" ou "Maioritariamente Verdadeiro" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network