O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Pingo Doce está a oferecer “1.000 sacos de presentes” para comemorar 43.º aniversário?

Sociedade
O que está em causa?
Ao escrever "Parabéns" na página "Pingo Doce Fans" no Facebook habilita-se a ganhar "sacos de presentes especiais". Supostamente a propósito do aniversário da rede de supermercados portuguesa Pingo Doce, como se destaca em recentes publicações com centenas de interações. O sorteio é fidedigno?

Tem por hábito desconfiar quando vê passatempos de cadeias de supermercados que prometem grandes prémios sem qualquer esforço? É o que deve fazer no caso da mais recente, partilhada recentemente no Facebook, e que diz respeito à rede de supermercados portuguesa Pingo Doce, do grupo Jerónimo Martins.

Sob o mote de uma comemoração do aniversário, anuncia-se um suposto sorteio com “1.000 sacos de presentes especiais”. Para os conquistar basta escrever a palavra “Parabéns” na página “Pingo Doce Fans”.

A publicação nesta página conta já com centenas de comentários e partilhas, mas será que se trata de uma promoção ou sorteio fidedignos e oficiais dos supermercados Pingo Doce?

Primeiro ponto ou sinal de alerta: a página “Pingo Doce Fans” não tem qualquer relação com a cadeia de supermercados Pingo Doce. É uma utilização abusiva do nome e logótipo da marca.

Segundo ponto: na página oficial da marca não há qualquer referência ao aniversário do Pingo Doce ou a qualquer sorteio desta natureza, tal como pode verificar aqui.

O post faz parte de um esquema semelhante a muitos outros que circulam nas redes sociais e que visam não apenas o Pingo Doce mas também outras marcas. O Pingo Doce já alertou em outras ocasiões que “todas as campanhas e promoções são divulgadas através dos canais oficiais da marca”, nomeadamente o site (www.pingodoce.pt) ou a página Pingo Doce, no Facebook.

Atenção ainda, apelou a marca, para “a divulgação dos seus dados pessoais em páginas que não são as oficiais da marca, assim como nos termos e condições de participação em todos os concursos e passatempos”.

_____________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Fact checks mais recentes