No dia em que apresentou oficialmente a sua candidatura a secretário-geral do PS, Pedro Nuno Santos concedeu uma entrevista exclusiva à SIC. Nesse momento, foi questionado sobre os “erros” que cometeu, nomeadamente enquanto anterior ministro das Infraestruturas e Habitação de António Costa - e o despacho polémico que anunciava, em junho de 2022, a alegada localização do novo aeroporto de Lisboa não foi esquecido.

“Era, para mim, insuportável a ideia de que teríamos de esperar mais um tempo prolongado para se decidir a localização do aeroporto. O país está há 50 anos a tentar decidir a localização do aeroporto” de Lisboa, afirmou, acerca desse incidente.

Confirma-se que a discussão sobre o novo aeroporto de Lisboa dura já há meio século?

O aeroporto da Portela foi inaugurado em 1942, mas a verdade é que a sua localização, na altura periférica face à capital, fez com que se começasse a discutir a necessidade de uma nova solução menos de três décadas depois, em finais da década de 60.

Mais concretamente, foi a 8 de março de 1969 que o Governo, então liderado por Marcelo Caetano, aprovou o Decreto-Lei n.º 48902 que criava o "Gabinete do Novo Aeroporto de Lisboa" que funcionaria na dependência do Ministério das Comunicações. Contas feitas, já lá vão 54 anos.

Desde então, muitos têm sido os avanços e recuos no que toca a este debate - mas concluímos, assim, que a afirmação proferida por Pedro Nuno Santos sobre a longevidade da mesma é acertada.

_____________________________

Avaliação do Polígrafo:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.