O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Pedro Fidalgo Marques: “Viagem de comboio Lisboa-Bruxelas demora dois dias ou mais”

Política
O que está em causa?
Pedro Fidalgo Marques defendeu que o PAN não é "contra a viagem de avião" para justificar a necessidade que teria de recorrer a esse meio para cumprir a sua atividade caso seja eleito para o Parlamento Europeu. Confrontado com um debate ideológico sobre a utilização do comboio, o cabeça de lista do PAN lembrou que essa viagem demoraria "dois dias ou mais" de Lisboa a Bruxelas. É verdade?

Quando questionado sobre se iria recorrer ao comboio ou ao avião para ir a Bruxelas, caso fosse eleito para o Parlamento Europeu, o cabeça de lista do PAN, Pedro Fidalgo Marques, sublinhou querer “andar de comboio”, mas para este ambientalista querer não basta: “Há que recuperar as viagens de Lisboa para Madrid, que não existem.”

“Hoje em dia para ir de comboio para Bruxelas, temos de ir no regional até Badajoz… às vezes temos de ser pragmáticos e realmente não é a solução ideal, mas haverá vezes em que o tempo não comporta a viagem de comboio que, neste momento, é de dois dias ou mais“, indicou o cabeça de lista do PAN sublinhando que o partido não é “contra a viagem de avião”.

Mas será que ir de Lisboa a Bruxelas de comboio implica mesmo “dois dias ou mais”?

Sim. Em primeiro lugar, não há mesmo ligação direta ferroviária entre Lisboa e Madrid como disse Fidalgo Marques. Desde março de 2020 que esta está suspensa porque o Lusitânia Comboio Hotel, serviço prestado em parceria entre a Comboios de Portugal (CP) e a operadora ferroviária espanhola Renfe, não foi reposto.

Portanto, sem ligação direta, qual seria o melhor e mais rápido percurso para chegar a Bruxelas de comboio? Primeiro: Ir até Badajoz. Partindo do pressuposto que se partiria amanhã, dia 15 de maio, logo de manhã, de Lisboa Santa Apolónia ou Lisboa Oriente, o primeiro comboio seria às 6h53, um Alfa Pendular, até ao Entroncamento. Daí, seria necessário apanhar um comboio regional até Badajoz.

Esta primeira etapa duraria entre 4h45 a 6 horas (tempo máximo caso escolhesse seguir viagem em dois comboios regionais) e a hora de chegada seria às 12h54. Seguir-se-ia uma viagem de Badajoz a Madrid que só seria possível horas mais tarde, às 17h22, e que duraria 4h56, segundo o site da Renfe.

Chegado a Madrid, às 22h18, teria de apanhar um comboio até Barcelona Sants, fazer o transbordo e entrar noutro até Paris e ainda num terceiro até Bruxelas. Segundo o site da SNFC, uma das principais empresas públicas de transporte ferroviário francesa, no total esta viagem (com todas as mudanças de transporte incluídas) duraria 13h17, mas só poderia ser iniciada às 9h30 da manhã de dia 16 de maio, uma vez que só haveria comboio no dia seguinte. A hora de chegada a Bruxelas seria às 22h47 de dia 16.

Em suma, a viagem de Lisboa a Bruxelas feita apenas com recurso a comboio duraria dois dias completos, isto sem incluir possíveis pausas para descanso entre transbordos. O tempo poderá aumentar consoante os dias e horários dos comboios, confirmando-se assim a alegação “dois dias ou mais”.

_______________________________

UE

Este artigo foi desenvolvido pelo Polígrafo no âmbito do projeto “EUROPA”. O projeto foi cofinanciado pela União Europeia no âmbito do programa de subvenções do Parlamento Europeu no domínio da comunicação. O Parlamento Europeu não foi associado à sua preparação e não é de modo algum responsável pelos dados, informações ou pontos de vista expressos no contexto do projeto, nem está por eles vinculado, cabendo a responsabilidade dos mesmos, nos termos do direito aplicável, unicamente aos autores, às pessoas entrevistadas, aos editores ou aos difusores do programa. O Parlamento Europeu não pode, além disso, ser considerado responsável pelos prejuízos, diretos ou indiretos, que a realização do projeto possa causar.

_______________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque