É uma fotografia antiga, retratando dezenas de pessoas em fato-de-banho (ou outras peças de vestuário veraneante) a caminharem no que aparenta ser um passeio marginal a uma praia. Foi inserida num tweet publicado na página do partido Aliança, a 21 de agosto de 2019, e entretanto apagado. Difundia a seguinte mensagem: "Aliança na luta pela Saúde dos portugueses. Ninguém obeso! Hoje mais de 60% da população tem excesso de peso. Pela tua Saúde, vota Aliança".

Segundo várias publicações nas redes sociais que recuperam o tweet apagado, a fotografia em causa terá sido captada na antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) e não em Portugal. Confirma-se?

De facto, a fotografia foi captada em 1967, na antiga URSS, por Bill Eppridge, um fotógrafo norte-americano. Faz parte de uma série de fotografias publicadas na revista "Life", retratando jovens soviéticos em cenários de praia.

Contactado pelo Polígrafo, o partido Aliança recusou comentar esta situação em particular. Mas entretanto já assumiu o erro, ao responder a uma publicação no Twitter que recupera o tweet apagado e sublinha que a imagem é da antiga URSS. "Não adianta de nada apagar, partido Aliança. A Internet não esquece", ironiza o autor da publicação.

"A Aliança não apagou para esconder. Assumiu o 'gravíssimo' erro de se ter julgado que era uma praia portuguesa. O objetivo mantém-se: Saúde preventiva, alimentação cuidada. Obrigado pela atenção à Aliança. Nunca pensámos que fosse tão fácil pô-los a ajudar as nossas interações", lê-se na resposta.

No que respeita aos números evocados na publicação da Aliança, confirma-se que são corretos. De acordo com dados oficiais do Serviço Nacional de Saúde (SNS), divulgados no âmbito do estudo "Retrato de Saúde 2018", o facto é que 57% da população portuguesa tem excesso de peso. O estado de obesidade ou pré-obesidade atinge a maioria dos idosos, com valores a ultrapassar os 80%, mas é também preocupante nas crianças onde a prevalência de excesso de peso chega já aos 25%.

A atuação na saúde para a prevenção e tratamento da obesidade é uma necessidade já identificada pelo SNS e pela Direção-Geral de Saúde, como é referido no "Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável 2019", destacando-se que "o problema do excesso de peso e da obesidade, enquanto um dos mais sérios problemas de saúde pública em Portugal, requer uma abordagem integrada de intervenção e assente nos Cuidados de Saúde Primários. A intervenção integrada deve começar logo na pré-obesidade permitindo uma abordagem uniforme ao longo do país".

Avaliação do Polígrafo:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro