"Assim como as baratas que se alimentam do lixo terrestre… Pense nisso na próxima vez que você comer camarões", acrescenta-se no texto da publicação, denunciada por vários utilizadores do Facebook como sendo falsa ou enganadora.

camarões

É verdade que os camarões "são as baratas do oceano" e comem o "lixo do mar"?

Questionado pelo Polígrafo sobre esta matéria, Rui Santos, biólogo da Universidade do Algarve, sublinha que “nunca” ouviu dizer que os camarões “são as baratas do mar” e refuta tal comparação. “As baratas são insectos e não têm nada que ver com os camarões, que são crustáceos”, afirma.

O biólogo aponta também para a referência ao “lixo”, um conceito que define como sendo “estritamente antropogénico”. Ou seja, resultante da atividade humana.

Nos sistemas naturais não há lixo, a não ser o que é produzido pelos humanos. Por exemplo, o plástico e fibras artificiais”, explica Rui Santos.

De acordo com o especialista, “nem as baratas, nem os camarões comem plástico”, o que contraria as alegações da publicação sob análise. “Era bom era, porque se assim fosse tínhamos o problema do plástico resolvido”, acrescenta, com ironia.

Por outro lado, Rui Santos explica que “ser omnívoro não é comer lixo, mas sim comer uma gama muito alargada de tipos de alimento, desde os vegetais aos animais, vivos ou mortos”. Nesse sentido indica ainda que “há muitos animais omnívoros, incluindo o homem. Por essa lógica, também somos baratas”.

Em suma, as alegações em causa não têm qualquer validade científica e estão a reproduzir desinformação.

_______________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network