“You get a car, you get a car, you get a car, everybody gets a car!”. É difícil esquecer o episódio de 13 de setembro de 2004, do programa The Oprah Winfrey Show, em que a apresentadora ofereceu carros às várias dezenas de pessoas presentes na plateia. Ainda assim, este é só um exemplo. Os famosos giveaway vão marcar, para sempre, a carreira e o programa em nome próprio que a americana teve até 2011.

Nos últimos tempos, parece que a generosidade que lhe é característica ressurgiu nas redes sociais. A página “Oprah W”, no Facebook, que se apresenta como oficial, garante que Oprah está a oferecer cartões-presente, carros, casas e até prémios em dinheiro no valor de mais de 25 milhões de euros, a 900 seguidores. Nada de muito espantoso, tendo em conta que a também empresária tem uma fortuna avaliada em cerca de 4 mil milhões de euros.

Para participar no sorteio, à primeira vista, cada utilizador só tem de colocar um like e partilhar a publicação da página. Uma segunda vista permite reparar que o administrador coloca um comentário no post, com mais uma instrução: afinal, para ganhar prémios, é preciso abrir uma hiperligação e fazer o download de um vídeo.

Os primeiros sinais de desconfiança surgem assim que se abre o link, que redireciona para uma alegada página de streaming. O site parece pertencer à apresentadora e dispõe de centenas de filmes gratuitos. Contudo, para serem visionados, mesmo que gratuitamente, os utilizadores têm de se registar e, para isso, precisam de inserir os dados pessoais e os do cartão de crédito.

Ora, a sabedoria popular, muitas vezes não falha: o tempo das vacas gordas já lá vai, e esta parece obesa. Portanto, há que desconfiar.

Primeiro, a página que se diz oficial, não o é. Isto porque não tem verificação, um símbolo circular azul com um certo a branco, que é atribuído pelo Facebook às páginas verdadeiras de celebridades. A de Oprah chama-se “Oprah Winfrey” e não “Oprah W”, como aquela que aqui se descreve.

oprah

Em segundo lugar, pelo facto de a página nada ter que ver com a apresentadora. Os prémios não existem e não estão a ser oferecidos por Oprah.

Em terceiro e último lugar, o site para o qual são encaminhados os utilizadores para baixarem filmes, condição essencial para ganharem prémios chorudos, é uma página fraudulenta que coage os fãs da apresentadora a disponibilizar dados pessoais e bancários para, depois, sem critério, lhes extorquir dinheiro. Trata-se de um crime, phishing, punido por lei.

A denúncia é feita pelo site de deteção de notícias falsas Hoax-Salyer. O Polígrafo visitou esta página e outras muito semelhantes - há várias, e vão nascendo e sendo eliminadas a cada dia que passa, tendo constatado que  todas reencaminham para o tal site de streaming de filmes que, em nome da apresentadora, pede, insistentemente, dados pessoais e bancários para concluir o registo na plataforma.

Este é um caso grave, pois para além de ser um embuste, é uma armadilha com contornos criminosos para caçar os mais ingénuos.

Avaliação do Polígrafo:

Siga-nos na sua rede favorita.
Pimenta na Língua
International Fact-Checking Network