"Covid-19 na Suécia. A OMS divulgou que a Suécia neste momento tem zero casos novos. Anders Tegnell , o técnico que desenhou a resposta sueca à epidemia descartou o confinamento massivo e apostou na imunidade de grupo (herd immunity)", destaca-se na mensagem da publicação.

"Há uns tempos Tegnell retractou-se publicamente de não ter sabido proteger os idosos e que deveriam ser introduzidas correções sobre essa matéria. Agora, no entanto, o plano gizado por ele parece estar a colher os frutos que ambicionada. A situação epidemiológica sueca deve ser seguida de um modo isento e atentamente", conclui-se.

É verdade que a OMS anunciou que a Suécia "neste momento tem zero casos novos" de Covid-19?

Não encontramos qualquer registo público que comprove esta alegação. De facto, a OMS não emitiu nenhum comunicado indicando que a Suécia "neste momento tem zero casos novos" de Covid-19.

Na página da OMS que compila dados estatísticos oficiais sobre a evolução da pandemia, em cada país, ao consultar os dados relativos à Suécia encontramos a indicação de "zero novos casos" em barra lateral sobre o mapa, tal como a imagem exibida na publicação sob análise.

No entanto, a imagem está cortada. Logo a seguir ao mapa surgem os dados estatísticos de novos casos confirmados e mortes por Covid-19 na Suécia desde o início da pandemia, dia após dia.

Essa parte da imagem foi cortada na publicação, mostrando apenas a indicação de "zero casos novos" que aparece quando se verifica um atraso na recolha dos dados mais recentes. É uma indicação momentânea.

Ora, consultando os dados estatísticos nos gráficos apresentados logo a seguir ao mapa verificamos que, no dia 14 de setembro, foram registados 106 novos casos de infeção por Covid-19 na Suécia.

Nos dias seguintes registaram-se 220, 295, 332 e 224 novos casos. Estes números também podem ser confirmados na base de dados Worldometer ou na página institucional da Agência de Saúde Pública da Suécia, com ligeiras variações entre as diferentes fontes.

O facto é que, desde o início da pandemia, a Suécia nunca registou "zero casos novos" de infeção num dia. De acordo com os dados divulgados pela OMS, desde o dia 6 de março (25), o menor número de casos novos verificou-se no dia 3 de agosto (38). Em setembro, o número de casos novos só foi inferior a 100 no dia 7 de setembro (67), tendo atingido um máximo de 332 no dia 17 de setembro.

A publicação da página "Médicos pela Verdade - Portugal" está assim a difundir informação falsa e enganadora.

_____________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network