"Sabia que Carla Castelo foi candidata pelo PSD em 2009 à Freguesia de Caxias, desapareceu da política dez anos, esteve no PS em 2019 e agora está na extrema esquerda com o Bloco de Esquerda e o Livre!?", questiona uma publicação de 10 de agosto, entretanto apagada, partilhada num grupo de apoio a Isaltino Morais.

No post é ainda partilhada uma lista do PSD para a Assembleia de Freguesia de Caxias, concelho de Oeiras, do ano de 2009. Na lista é possível ler o nome de várias pessoas, entre elas, na posição 17, Carla Marisa Castelo Trindade Albuquerque.

Mas será que se trata da mesma pessoa que agora se candidata à Câmara Municipal de Oeiras (CMO) pela lista da coligação "Evoluir Oeiras"?

Não. Carla Marisa Castelo Trindade Albuquerque fazia parte de uma lista completa de 25 nomes que integraram a lista da "Coligação Mais Oeiras" à Assembleia de Freguesia de Caxias, concelho de Oeiras, em 2009.

O nome completo da candidata à Câmara Municipal nas eleições autárquicas deste ano é Carla Alexandra Orvalho da Silva Castelo. A informação consta de um despacho publicado em Diário da República, de 23 de março de 2020, altura em que foi designada para exercer funções de técnica especialista no Gabinete do Ministro do Mar.

Iniciou a carreira como jornalista no Público, em 1991. Entre 1992 e 2019, Carla Castelo trabalhou na SIC, tendo-se especializado na cobertura da área do Ambiente a partir do ano 2000. "Recebeu o Prémio Nacional de Ambiente, entregue pela Confederação Portuguesa das Associações de Defesa do Ambiente, em 2014", refere o despacho. Nunca foi filiada em qualquer partido.

Desde 14 de junho de 2021, é candidata à Câmara Municipal de Oeiras e encabeçará, como independente, a lista da coligação "Evoluir Oeiras", que junta Bloco de Esquerda, Livre e Volt. Na génese da candidatura está um movimento de cidadãos com o mesmo nome, constituído em 13 janeiro de 2021.

A exoneração da agora candidata à autarquia de Oeiras – a pedido da própria – ocorreu a 15 de março de 2021, seis dias antes de Carla Castelo fazer, no essencial, a declaração pública aqui citada do Twitter: "Estou disponível para encabeçar candidatura com outras cidadãs e cidadãos independentes, às próximas autárquicas em #Oeiras, aberta a todas as forças políticas democráticas #Ambiente #Cidadania #Transparência #autárquicas2021."

Nos três meses seguintes, já fora do Governo, a agora consultora freelance para questões ambientais e climáticas, continuou a preparar a sua candidatura à Câmara de Oeiras, que acabaria mesmo por anunciar em junho.

Em suma, a publicação em análise partilha informações falsas pois Carla Marisa Castelo Trindade Albuquerque e Carla Alexandra Orvalho da Silva Castelo são pessoas diferentes.

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network