"477 casos, 18 óbitos - é esta a realidade actual derivada do contágio da Covid-19 no concelho de Ovar. O balanço mais recente confirma que os números voltaram a aumentar consideravelmente no município, contrastando com as pequenas melhorias relativas aos dias anteriores", destaca-se na publicação em causa.

Mas será verdade? Verificação de factos.

Para conferir se a situação se agravou ao nível do contágio no concelho de Ovar, consultámos os relatórios epidemiológicos da DGS referentes à última semana. No relatório de dia 4 de maio (referente aos dados do dia anterior) contabilizavam-se 573 casos de infetados no concelho. No dia 5 houve mais um caso registado, o que perfaz um total de 574. Nos relatórios dos dias 6, 7 e 8 de maio, porém, o número de infetados manteve-se igual.

O presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, tem contestado o rigor dos números oficiais da DGS. Na sua página de Facebook, o autarca faz questão de publicar diariamente números de infetados no concelho que são signitivamente superiores aos que constam nos relatórios epidemiológicos oficiais.

De acordo com os números da DGS, não se registou um agravamento do número de infetados no concelho de Ovar nos últimos dias.

__________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network