Na publicação em causa, remetida ao Polígrafo com pedido de verificação, destaca-se uma imagem de agentes da Polícia de Segurança Pública (PSP) e a seguinte mensagem:

"Tenham muito cuidado! PSP alerta para nova burla: simulam acidente de viação, culpam a vítima e exigem pagamento imediato de dinheiro. Homem de 26 anos foi detido em Alvalade por burlar idoso com este novo método."

De facto, no dia 15 de agosto de 2022, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP emitiu um novo alerta - publicado nas redes sociais - sobre "burlas a automobilistas".

"A PSP de Lisboa alerta para situações de possíveis burlas a automobilistas. Por norma, os suspeitos selecionam as suas vítimas em situações de trânsito, buzinam insistentemente e tentam que estas parem para iniciar um diálogo. Acusam as vítimas de provocarem danos nas suas viaturas (por distração ou durante a realização de manobras), exercendo pressão e tentando intimidar, com o intuito de que lhes seja dada uma certa quantia em dinheiro para arranjo dos danos (supostamente provocados pela vítima). Tendem a alegar que estão com pressa e que não podem esperar pela Polícia ou pelo preenchimento de declaração amigável", informa o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.

"Realça-se que as viaturas dos suspeitos apresentam realmente os referidos danos e, por vezes, para dar credibilidade à sua história, causam alguns danos nas viaturas das vítimas", acrescenta.

Nesse âmbito, a PSP recomenda:

  • "Não entre em acordo com alguém que pede dinheiro. Em caso de dúvida, chame as autoridades;
  • Tome sempre nota dos dados da viatura (matrícula, marca, modelo e cor) em que o(s) suspeito(s) se faz(em) transportar (quando em situações de burla, os suspeitos abandonam o local quando é referido que se vai chamar a Polícia);
  • Denuncie sempre que seja vítima de burla ou de tentativa de burla".

_________________________________

Avaliação do Polígrafo:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network