O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Noite Eleitoral. Luís Montenegro: “Tivemos mais votos [nestas eleições] do que há cinco e há 10 anos”

União Europeia
O que está em causa?
Descontente com a derrota mas focado no futuro, Montenegro anunciou esta noite que vai apoiar António Costa se o ex-PM tentar a candidatura ao Conselho Europeu. Além disso, referiu que este foi o melhor resultado do PSD das últimas três eleições europeias. Confirma-se?
© Tiago Petinga/Lusa

No primeiro discurso desta noite, depois da derrota nestas eleições europeias, o Primeiro-Ministro falou, enquanto líder da Aliança Democrática, e admitiu que o objetivo não foi cumprido. Ainda assim, lembrou que o resultado superou o de há cinco e 10 anos. É verdade?

Sim. Em 2019, o PSD, que concorreu sozinho, colheu 726.590 votos (6 mandatos). Sozinho, o CDS-PP conseguiu 204.946 votos (1 mandato) e o PPM, em coligação, arrecadou 49.477 votos. Tudo somado (981.013), os votos não chegam aos 1.227.682 conseguidos nas eleições deste domingo.

Já em 2014, ano em que elegeu também 7 eurodeputados, a coligação PPD/PSD e CDS-PP conseguiu 909.932 votos. Sozinho, o PPM teve apenas 17.732 votos. Ou seja, muito aquém do valor agora conseguido.

Para este facto conta, naturalmente, a primeira queda na abstenção desde 1999. Se em 2019 a abstenção atingiu um ponto máximo de 69,3% em 2019, em 2024 caiu para os 62,48%.

______________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque