A campanha de Donald Trump contra a vitória de Joe Biden nas presidenciais parece estar longe do fim. No Twitter, a sua rede social de eleição, o ainda Chefe de Estado americano voltou a referir-se aos resultados eleitorais: “Nenhum candidato alguma vez ganhou na Florida e no Ohio e perdeu [as eleições]. Eu ganhei ambas por muito.”

A alegação do candidato derrotado das últimas eleições americanas é acompanhada pela hashtag “#SupremeCourt”, indicativa de que o republicano pretende mesmo levar as denúncias que tem feito até ao Supremo Tribunal dos EUA.

Mas a informação de que nenhum candidato presidencial ganhou nos estados da Florida e do Ohio e mesmo assim perdeu as eleições é verdadeira?

A resposta é não, havendo um precedente com 60 anos: as eleições de 1960 que colocaram frente a frente o democrata John F. Kennedy e o republicano Richard M. Nixon. Este ato eleitoral ficou na história da democracia americana por ter havido pela primeira vez um debate entre os candidatos presidenciais transmitido na televisão.

O republicano venceu no Ohio e na Florida, mas acabou por perder as presidenciais para o político que se tornou o 35º Presidente dos EUA.  Segundo a plataforma de verificação de factos "Snopes", Nixon conseguiu 219 votos eleitorais, contra os 303 de Kennedy. Os outros 15 votos eleitorais foram para Harry F. Byrd.

Eleições 1960

Assim, desde 1848, ano em que pela primeira vez os Estados da Florida e do Ohio participaram ao mesmo tempo nas eleições norte-americanas, esta é apenas a segunda vez que um candidato vence em ambos estados mas acaba por não conseguir ser eleito para a Casa Branca.

Nas eleições deste ano, Donald Trump conseguiu 232 votos no colégio eleitoral (mais do que Nixon em 1960), mas estes foram insuficientes para derrotar Biden (306), que assumirá o cargo de Presidente dos EUA a 20 de janeiro de 2021.

____________________________

Avaliação do Polígrafo:

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network