"A juíza não me pode obrigar a dizer onde andei, não sou um ladrão qualquer, eu pertenço ao PS!" Esta é a frase que José Sócrates terá proferido na entrevista à SIC, emitida no dia 15 de junho, de acordo com múltiplas publicações nas redes sociais que apresentam a citação associada ao logótipo da SIC Notícias.

"Não sou um ladrão qualquer, já assume que é ladrão, mas tem livre-trânsito do clube", acusa-se num dos posts em causa, datado de 21 de junho.

Analisando a gravação em vídeo da entrevista original, porém, não encontramos tal citação.

O principal tema da entrevista consistiu nas recentes viagens ao Brasil que o antigo primeiro-ministro - acusado no âmbito da "Operação Marquês" por três crimes de branqueamento de capitais e três crimes de falsificação de documentos - não comunicou à Justiça. Importa aqui realçar que Sócrates vai ser ouvido no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa no dia 30 de junho e o Ministério Público pretende que lhe sejam aplicadas medidas de coação mais restritivas (presentemente está sujeito apenas ao Termo de Identidade e Residência) por não ter informado sobre as deslocações ao estrangeiro.

Na entrevista à SIC, questionado sobre essa matéria, o ex-líder do PS afirmou: "Mas eu não tenho de comunicar ao tribunal. Esse é um ponto. E não tenho porquê? Por uma razão simples: eu não tenho Termo de Identidade e Residência neste processo. Neste processo de que estamos a falar, nunca prestei Termo de Identidade e Residência".

"Se a juíza pediu ao processo anterior a certidão de Termo de Identidade e Residência, é porque não o tinha. Se não o tinha, não pode obrigar, nem pode perguntar por onde andei ou deixei de andar. É apenas um abuso. É uma violência, que se soma a tantas outras ao longo destes oito anos de processo", declarou Sócrates na mesma entrevista.

Ora, a primeira parte da citação que está a ser difundida nas redes sociais - "A juíza não me pode obrigar a dizer onde andei" - parece basear-se nesta parte da entrevista em que Sócrates disse realmente que a juíza "não pode obrigar, nem pode perguntar por onde andei ou deixei de andar".

Aliás, a SIC Notícias destacou precisamente essa frase numa publicação de 15 de junho no Instagram.

No entanto, a segunda parte da citação - "Não sou um ladrão qualquer, eu pertenço ao PS" - é falsa. Sócrates não proferiu tais declarações na entrevista.

A publicação da SIC Notícias no Instagram foi adulterada, mantendo-se visível o logótipo da estação de televisão para enganar as pessoas com uma citação apócrifa.

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
International Fact-Checking Network