“Conheci o Michael Jackson. E dos muitos temas que discutimos fiquei com a sensação de que ele queria ser o Homem-Aranha.” As palavras são de Stan Lee, o criador do super-herói Homem Aranha e tantos outros, citado num texto do Huffington Post.

Na Comic Con de San Diego, EUA, em 2009, aos 86, Stan Lee recordou o episódio, passado no final da década de noventa do século passado: “Estive na casa dele, em Neverland. Ele queria fazer o Homem-Aranha. Não tenho a certeza se seria produzir o filme ou queria protagonizá-lo. A nossa conversa nunca foi para esse território”, relata o The Telegraph.

Stan Lee
Stan Lee créditos: Gage Skidmore

Mas numa entrevista concedida à Associated Press, aquele que foi o diretor criativo da Marvel, dirigente do grupo e presidente emérito até à sua morte, em novembro de 2018, foi mais longe e confessou que o 'Rei da Pop' “quis comprar os direitos da personagem Homem Aranha.” Sobre as intenções de Jackson, reforçou que nunca falaram concretamente sobre elas mas, revelou, “penso que ele queria desempenhar o papel de Peter Parker. Ele nunca o disse, mas foi o que concluí.”

Confrontado com a intenção de Jackson comprar os direitos da personagem Homem Aranha, Stan Lee disse-lhe que não acreditava que a Marvel alguma vez os vendesse. Como reagiu a polémica estrela pop, confrontado com aquela impossibilidade? “Ele quis, depois, comprar a Marvel. Disse ‘então eu compro a Marvel!’”, revelou Stan Lee à Associated Press.

O negócio nunca se concretizou, mas, como Lee sublinhou, “ele queria muito comprar a Marvel”.

Avaliação do Polígrafo:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro